Explosão em Alfragide faz dois feridos

Explosão em Alfragide faz dois feridos
A Simens esclareceu que a explosão que hoje provovou dois feridos graves em Alfragide, Amadora, ocorreu nas instalações da Nokia Solutions Networks e não nas suas, numa nota enviada à agência Lusa.
 
"A explosão ocorreu na Nokia Solutions Networks, uma empresa que nada tem a ver com a Siemens", adianta a nota, enviada à Lusa pela empresa.
 
Em declarações anteriores à Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários da Amadora referiu que os feridos resultaram de explosão num posto de transformação elétrica junto à Simens/Nokia, em Alfragide.
 
Segundo adiantou à Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários da Amadora, Mário Conde, a explosão ocorreu cerca das 8:27 de hoje, provocando dois feridos graves, ambos homens, um com 30 anos e o outro 40, este último com 50 a 60% de queimaduras no corpo.
 
“O ferido mais grave ficou com 50 a 60% do corpo queimado, enquanto o outro individuo ficou com queimaduras das vias respiratórias”, precisou o comandante.
 
Os dois feridos foram estabilizados no local e transportados para o Hospital de Santa Maria, acrescentou.
 
No local estiveram duas viaturas médicas de emergência e reanimação (VMER), duas ambulâncias do INEM da Amadora, PSP e o piquete da EDP.
 
De acordo com a mesma fonte, a explosão, que não provocou incêndio, terá ocorrido durante a reparação de um posto de transformação que na quinta-feira já tinha sofrido um acidente que provocou ferimentos num trabalhador.
 
Quinta-feira, um operário ficou ferido com gravidade após ter sido eletrocutado quando realizava trabalhos no pavimento, depois de atingir um cabo de alta tensão, de acordo com o comandante.
 
Segundo a fonte do CDOS, o acidente de quinta-feira ocorreu cerca das 10:00, tendo a vítima sido transportada para o hospital num helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).