Estoril-Praia arranca época com exames médicos e incerteza na equipa técnica

Estoril-Praia arranca época com exames médicos e incerteza na equipa técnica
O Estoril-Praia iniciou hoje a preparação para a temporada 2015/16, num dia dedicado à realização de exames médicos por parte de alguns futebolistas do plantel e ainda com algumas incertezas relativamente ao comando técnico da equipa.
 
No primeiro dia da nova época, foram seis os atletas que se deslocaram ao Hospital da CUF de Cascais, situação que irá manter-se nos próximos dias, com os restantes elementos do plantel a deslocarem-se à referida unidade hospitalar.
 
Dos 18 jogadores que fazem atualmente parte da equipa, Bruno Miguel, Yohan Tavares, Afonso Taira, Rúben Dionísio, Diogo Baltazar e Leandro Borges foram os primeiros a iniciar a bateria de exames, sendo que o primeiro treino está marcado para segunda-feira, de manhã.
 
Até lá, mantêm-se as dúvidas relativamente à continuidade da dupla Fabiano Soares e Hugo Leal à frente da equipa técnica, algo que não preocupa os jogadores.
 
"Pelo que sei, temos treinador. Na segunda-feira, quando voltarmos à Amoreira, teremos certamente treinador, para nos dar o treino. Segundo sabemos, os treinadores tinham contrato e ainda não foram embora", afirmou Bruno Miguel aos jornalistas.
 
O defesa estorilista salientou que o objetivo para a nova temporada passa por fazer "um campeonato tranquilo", apesar de referir que "saíram alguns bons jogadores".
 
Por outro lado, Bruno Miguel também comentou as recentes movimentações na SAD do Estoril, que, ao que tudo indica, continuará a ser maioritariamente detida pela Traffic Sport, depois do empresário João Lagos não ter avançado para a recompra.
 
"É uma situação que não nos é indiferente. Afeta um pouco, mas não estamos atrasados na pré-temporada. Não podemos fazer nada. É um assunto discutido entre quatro paredes e passa-nos um pouco ao lado. Temos as mesmas informações que vocês", adiantou.
 
Relativamente à época passada, saíram 15 jogadores, embora ainda haja a possibilidade de alguns deles regressarem à equipa da Linha, como é o caso do médio Tozé.
 
Já no que diz respeito às entradas, apenas o argentino Leandro Chaparro (ex-Beira-Mar) é novidade absoluta, já que Diego Carlos, Gerso, Leandro Borges, Frédéric Mendy e Luiz Phellype regressam após empréstimo.
 
 
Plantel provisório para 2015/16:
 
- Guarda-redes: Pawel Kieszek e Rúben Dionísio.
 
- Defesas: Anderson Luís, Bruno Miguel, Yohan Tavares, Diego Carlos (ex-FC Porto) e Alex Kakuba.
 
- Médios: Anderson Esiti, Diogo Baltazar, Afonso Taira, Babanco e Leandro Chaparro (ex-Beira-Mar).
 
- Avançados: Gerso (ex-Moreirense), Sebá, Tijane, Leandro Borges (ex-Freamunde), Fréderic Mendy (ex-União da Madeira) e Luís Phellype (ex-Feirense).
 
Treinador: Fabiano Soares (ainda a confirmar).
 
 
Saíram: Vágner, Bruno Nascimento (Colónia/Ale), Balboa, Matias Cabrera (Cagliari/Ita), Diogo Amado, Mattheus Oliveira (Flamengo/Bra), Rúben Fernandes (Saint-Truiden/Bel), Emídio Rafael (Académica), Mano, Tozé (FC Porto), Filipe Gonçalves (Moreirense), Arthuro, Léo Bonatini (Cruzeiro/Bra), Fernandinho (Chongqing Lifan/Chi) e Kléber (FC Porto).