Estoril Jazz eleito pela Unesco evento comemorativo do Dia Internacional do Jazz

Estoril Jazz eleito pela Unesco evento comemorativo do Dia Internacional do Jazz
O festival Estoril Jazz, que decorrerá em maio, foi considerado pela UNESCO Portugal um evento comemorativo do Dia Internacional do Jazz, anunciou hoje o promotor Duarte Mendonça.
O festival não coincide com o Dia Internacional do Jazz, proclamado pela UNESCO pela primeira vez a 30 de abril de 2012, mas a comissão nacional da organização, em Portugal, decidiu atribuir-lhe o selo de "evento comemorativo".
A 32.ª edição do Estoril Jazz, festival histórico criado pelo programador Duarte Mendonça, decorrerá de 10 a 12 e de 17 a 19 de maio, no Casino Estoril, com um cartaz que inclui, por exemplo, o pianista Harold Mabern e a Orquestra do Hot Clube de Portugal.
A Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência Cultura (UNESCO) decretou 30 de abril como o Dia Internacional do Jazz, por proposta do músico e compositor Herbie Hancock, por considerar que o jazz é uma expressão musical que pode "derrubar barreiras e simbolizar a paz e a unidade".
Este ano, a UNESCO quer aproveitar a efeméride para afirmar a importância deste estilo de música nos movimentos de luta pela liberdade e para ajudar novamente a um entendimento entre culturas.
"Onde há pessoas que lutam pela liberdade, o jazz está quase sempre", afirmou na terça-feira, em Istambul, Neil Ford, porta-voz da UNESCO, que insistiu na ligação entre este estilo de música e "os esforços para construir um mundo mais livre".
Ford anunciou que as celebrações do Dia Internacional terão este ano a cidade turca de Istambul como centro, o que permitirá ver o jazz sob outra perspetiva, conhecer os seus laços ao Médio Oriente e até considerar como esta música pode servir para reforçar o papel das mulheres na sociedade.