Especialista alerta para erosão preocupante da costa portuguesa

Especialista alerta para erosão preocupante da costa portuguesa
O coordenador do grupo de trabalho que está a analisar a erosão costeira alertou hoje para o recuo da costa portuguesa a um ritmo preocupante e defendeu a necessidade de alimentação artificial da areia das praias.
 
Filipe Duarte Santos apresentou hoje no parlamento um relatório com sugestões já entregue ao Governo e que levou em março o ministro do Ambiente a anunciar que até 2050 iriam ser investidos 750 milhões de euros no combate à erosão costeira do Litoral.
 
O especialista destacou a ria de Aveiro, as zonas de Esmoriz, da Vagueira, da Costa da Caparica e da Quarteira como as mais preocupantes, realçando que as praias portuguesas estão a perder 700 mil metros cúbicos de areia por ano.
 
O grupo de trabalho identificou a erosão, a ocupação inadequada e a problemática das alterações climáticas como os principais fatores que contribuem para esta situação e defendeu a necessidade de alimentação artificial da areia das praias e a criação de mapas e de cartas de risco atualizados para todo o litoral.