Escolas da região de Lisboa e Oeste desafiadas a separar lixo

Escolas da região de Lisboa e Oeste desafiadas a separar lixo
As escolas da região de Lisboa e do Oeste vão ser desafiadas a separar lixo e a participar em ações de sensibilização ambiental, no âmbito de um programa lançado pela empresa de resíduos Valorsul.
 
O programa "Ecovalor", que já vai na sua 15ª. edição, dirige-se à comunidade escolar dos 19 municípios das regiões de Lisboa e do Oeste servidos pela Valorsul.
 
A novidade desta edição, segundo disse à agência Lusa a diretora de comunicação da Valorsul, Ana Loureiro, é que as escolas serão premiadas monetariamente "pelo seu desempenho".
 
Ana Loureiro explicou que haverá um prémio de 0,50 euros por saco para todas as escolas que separarem mais de 70 sacos de 6,5 kg e que a escola vencedora receberá 2,5 euros por cada saco, ou, "caso tenha sido essa a opção do município", o valor do prémio será dividido por duas escolas vencedoras (1,25 euros por cada saco).
 
"Trata-se de um claro incentivo à recolha seletiva e já sabemos que os miúdos separam tudo. Este ano optamos por uma abordagem diferente e por remunerar aqueles que têm um melhor desempenho. Contudo, não premiamos individualmente mas sim coletivamente", ressalvou.
 
O concurso de recolha de resíduos irá decorrer entre janeiro e maio de 2016, sendo que as escolas interessadas em participar o poderão fazer até ao final deste mês.
 
Além da recolha, as escolas envolvidas no programa participarão também em várias atividades de sensibilização ambiental, campanhas, ‘workshops’ e visitas de estudo às diferentes unidades da Valorsul.
 
Segundo dados divulgados pela Valorsul, na edição passada deste programa participaram no concurso de separação de embalagens de plástico e metal cerca de 30 mil alunos, que recolheram 126,5 toneladas de material reciclável.
 
Já na separação de papel/cartão participaram cinco mil alunos, tendo-se conseguido a recolha de 61 toneladas desse material.
 
A Valorsul é responsável pelo tratamento e valorização de resíduos urbanos dos municípios de Alcobaça, Alenquer, Amadora, Arruda dos Vinhos, Azambuja, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lisboa, Loures, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Odivelas, Peniche, Rio Maior, Sobral de Monte Agraço, Torres Vedras e Vila Franca de Xira.