Escola de Hotelaria de Colares regista pastel Maçãnata

Escola de Hotelaria de Colares regista pastel Maçãnata
O pastel de nata de maçã, produzido pela EPAV - Escola de Hotelaria de Colares, passou a ser uma marca registada denominada Maçãnata, informou hoje a unidade de ensino profissional do concelho de Sintra.
 
Segundo o chef Bruno Gaspar, da EPAV, a receita do Maçãnata junta ao pastel de nata pedaços de maçã reineta, a partir de "um processo de ligação e equilíbrio entre açúcares, texturas e bases de confeção".
 
A receita do novo pastel, desenvolvida pelo chef de pastelaria Hugo Florentino, formador da EPAV, distingue-se por associar ao conhecido nata a maçã característica de Colares, região de maior produção deste tipo de fruto.
 
O novo pastel pode ser adquirido ou encomendado para a EPAV, inserida numa quinta de 12 hectares em Colares, onde funcionam o restaurante Sarrazola e o Hotel Sarrazola House, abertos ao público com apoio dos alunos da unidade de ensino profissional.