Equipa do Estoril Praia homenageada na Câmara de Cascais

Equipa do Estoril Praia homenageada na Câmara de Cascais

Os jogadores, treinador e administração do Estoril-Praia foram homenageados na Câmara de Cascais pelo "brilhante" quinto lugar conquistado no principal campeonato de futebol e pela qualificação inédita para a Liga Europa. Aos jornalistas, o presidente da autarquia, Carlos Carreiras, admitiu sentir um misto de "paixão e interesse". Paixão porque é o sentimento que move o futebol e interesse porque a participação numa competição europeia projeta nome do Estoril e de Cascais e irá ajudar a economia local.
"De certeza que vem muita gente ao Estoril, na altura dos jogos, turistas que vão dormir cá e consumir os nossos produtos. Isso terá um impacto financeiro para o concelho muito importante", sustentou o autarca, após receber uma camisola do Estoril autografada por todo o plantel.
Por seu lado, o presidente do Estoril-Praia, Tiago Ribeiro, prometeu manter um plantel de qualidade para a próxima época, apesar de vários jogadores estarem a ser cobiçados por outros clubes, depois de conquistado o acesso à Liga Europa de futebol.
"Confio na minha equipa administrativa para repor as peças que perdermos, ou até conseguir melhores", disse hoje aos jornalistas Tiago Ribeiro, à margem da homenagem feita ao Estoril-Praia pela Câmara de Cascais.
O presidente dos "canarinhos" confirmou ainda a saída do central Steven Vitória, na sua opinião um "jogador excecional", cujo contrato termina no final da temporada. O defesa é apontado pela imprensa como alvo do Benfica
Sobre o interesse em outros jogadores, Tiago Ribeiro considera ser "natural", devido aos sucessos da equipa nesta época, e disse que "se for o caso de saírem, as coisas serão feitas da melhor maneira".
Além de Steven Vitória, a imprensa diz que o médio Carlos Eduardo também é alvo dos “encarnados”, enquanto o defesa Jefferson já terá acordo com o Sporting.
O treinador do Estoril-Praia, Marco Silva, mostrou-se também "muito orgulhoso" pelos feitos alcançados pela sua equipa e não adiantou possíveis contactos de outros clubes.
"Para já, não houve contactos, mas esta é uma casa onde já estou há oito anos e onde me habituei a estar", afirmou o treinador português aos jornalistas, assegurando que está já a preparar a próxima época e que o acesso à Liga Europa, já garantido, não lhe tira ambição.
Sobre a possível perda de alguns dos seus melhores jogadores, Marco Silva, enquanto treinador, admite que não o deixa satisfeito, ressalvando, contudo, que a nível pessoal fica "muito contente" pelo salto na carreira dos jogadores.
Com igual sentimento de "orgulho" e "satisfação", o capitão dos "canarinhos", João Coimbra, sublinhou que se fez história no clube e, sobre eventuais interesses de outros clubes, prometeu "novidades" para esta semana, sem adiantar mais informações.