Equatoriano com 'ganas' veste de amarelo na 'Alentejana'

Equatoriano com 'ganas' veste de amarelo na 'Alentejana'

Byron Guama venceu esta quarta feira, 26 de março, a etapa inaugural da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros que ligou Castelo de Vide a Marvão numa distância de 167 quilómetros. O corredor da equipa Team Ecuador discutiu a vitória com um grupo alargado que atacou os últimos 500 metros da subida ao Marvão. Com o triunfo o equatoriano envergou a primeira Camisola Amarela Liberty Seguros.

 

O corredor de 28 anos, Byron Guama, mostrou-se visivelmente satisfeito por alcançar em Portugal a primeira vitória da época: “Estou muito emocionado pelo trabalho que a equipa conseguiu fazer durante toda a etapa. Apesar do vento que se fez sentir, tivemos um colega de equipa na fuga do dia e eu consegui vencer a tirada.” Natural de San Isidro, no Equador, Byron Guama um especialista em média montanha admite que será difícil manter a liderança. “Estamos com “ganas” [vontade] de mostrarmos mais trabalho!”, confessou o homem que já venceu quatro vezes a Volta ao Equador.

 

Para completar os 167km da tirada, o vencedor gastou 4 horas e 18 minutos ficando à frente de César Fonte (Rádio Popular) e Edgar Pinto (LA Alumínios-Antarte) cronometrados num primeiro grupo com o mesmo tempo. Com as bonificações de chegada Byron Guama fica com 4 segundos de vantagem.

Para além do símbolo maior da “Alentejana”, a Camisola Amarela Liberty Seguros, Byron Guama acumulou no primeiro dia a vitória por pontos traduzida na Camisola Verde Crédito Agrícola e a Camisola Castanha Delta Cafés, destinada ao “Rei da Montanha”. O melhor jovem classificado é um companheiro de equipa de Guama, também equatoriano Jaime Roson que veste a Camisola Branca RTP.

 

Uma aventura de 120km

A Praça D. Pedro V, em Castelo de Vide, recebeu o início da primeira etapa da “Alentejana” com sol, 11ºC de temperatura e muitos amantes do ciclismo a aplaudir os bravos do pelotão! Alinharam à partida 142 corredores em representação de 18 equipas, entre elas 10 conjuntos nacionais. Destaque da tirada para uma longa aventura que começou ao quilómetro 25 com quatro corredores isolados:  Eric Young (Team Optum), Jose Ragonessi (Team Ecuador), August Jensen (Team Oster HUS – Ridley) e  Even Rege (Team Fixit.No). À passagem por Alter do Chão (quilómetro 40), a frente da corrida registou a vantagem máxima de 6 minutos e 50 segundos para o pelotão. Neste ponto o quarteto já tinha passado a trio depois de Even Rege (Team Fixit.No) ter sido vítima de um furo. O trio ainda havia de passar as Metas Volantes de Monforte e Degolados isolado, mas ao quilómetro 115 Eric Young (Team Optum), que acumulou a pontuação máxima em todas as Metas Volantes, acabou por abdicar da fuga. No pelotão uma das equipas mais trabalhadoras foi a OFM-Quinta da Lixa que juntamente com a seleção norte americana acabariam por colocar um ponto final a uma longa fuga de 120 km. Faltavam 25 para a chegada no alto de Marvão.

 

De Sousel a Montemor-o-Novo

O Complexo Desportivo de Sousel será palco de partida às 10h30, esta quinta feira, 27 março, da segunda etapa da 32ª Volta ao Alentejo Liberty Seguros. O percurso, quase 193 quilómetros será pontuado pelas metas volantes em Estremoz, Vila Viçosa e Alcaçovas antes de ser concluído em Montemor-o-Novo, por volta das 15h30. Esta chegada inédita junto ao castelo servirá também para classificar os melhores trepadores que terão aí uma contagem de 4ª categoria.