Diretor do Estoril Open diz que o torneio será mais acolhedor

Diretor do Estoril Open diz que o torneio será mais acolhedor
O diretor do Estoril Open, João Zilhão, considerou hoje que as melhorias no Clube de Ténis do Estoril, que vão deixar o recinto mais confortável, são as grandes novidades da edição que se realiza entre 23 de abril e 01 de maio.
 
"Há grandes melhorias no Clube. Foram feitas obras muito importantes no ‘court’ central, para torná-lo mais acolhedor. Achámos que o Estoril Open devia ter um segundo ‘court’ com a dignidade que um torneio ATP merece e transformámos dois campos num único, denominado ‘court’ Cascais", descreveu na conferência de imprensa de apresentação do torneio deste ano.
 
João Zilhão destacou ainda aquela que é uma das marcas do novo Estoril Open, a sessão noturna à quarta, quinta e sexta-feira, que este ano será dupla e começará às 18:00, e do novo formato do ‘qualifying’, que conta com apenas 16 jogadores.
 
"Só 14 têm entrada direta. O que se tem visto nos torneios ATP este ano é que o último a entrar na qualificação está entre os 200 melhores do ‘ranking’. Estou convencido que vamos assistir a grandes momentos de ténis no sábado e no domingo", assegurou o diretor do único torneio do circuito ATP que se realiza em Portugal.
 
João Zilhão apresentou ainda os números da edição anterior, indicando que em 2015 o Estoril Open conseguiu 440 horas de transmissão internacional, que chegaram a cerca de 700 milhões de pessoas e 380 milhões de lares, nos cinco continentes.
 
Já Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais, autarquia onde se realiza o torneio, assegurou que o grau de ambição para a segunda edição do novo Estoril Open é ainda maior.
 
"As expetativas são elevadas e tenho a certeza que vão ser ultrapassadas", concluiu.
 
O Estoril Open vai realizar-se entre 23 de abril e 01 de maio, no Clube de Ténis do Estoril.