Dez anos de Out Jazz celebrados em Cascais

Dez anos de Out Jazz celebrados em Cascais
Os dez anos de Out Jazz, sessões de música gratuitas em jardins de Lisboa, vão ser assinalados este mês com um festival fechado e pago no Parque Marechal Carmona, em Cascais, o Out Fest.
   
Num comunicado, a organização recorda os dez anos "de energia contagiante a invadir a capital com música", o que equivaleu a mais de 350 dias de concertos com bandas e DJ. Pelas dez edições de Out Jazz passaram cerca de 500 mil pessoas por jardins, praças, ruas, miradouros, hotéis e museus.
 
O festival, "à porta fechada com bilheteira", está marcado para os dias 24 e 25 de setembro e irá ter três palcos de diferentes áreas musicais.
 
No palco principal, "dedicado aos sons que vão desde o soul à eletrónica", atuarão, entre outros, Nicola Conte (DJ Set), Daddy G (Massive Attack) e os portugueses DJ Ride (Live Band), Xinobi e Moullinex.
 
No Silent Garden haverá uma "festa imersiva", com um DJ a atuar "para cada pessoa individualmente, com a música a ser transmitida diretamente via 'bluetooth' para cada par de auscultadores".
 
Pelo palco Out Jazz irão passar Ricardo Toscano, Salvador Sobral, DJ Rykardo e DJ Johnny.
 
Além dos palcos, haverá um parque infantil para os mais novos -- a entrada é gratuita para crianças até aos 12 anos - e uma zona de 'street food' (roulottes com comida).
 
O Out Fest é produzido pela NCS e conta com o apoio da Câmara Municipal de Cascais.
 
O Out Jazz nasceu para "chamar a música" aos jardins de Lisboa, com espetáculos todos os domingos de maio a setembro, "das 17:00 até ao cair do sol", de grupos de jazz e DJ. Em algumas edições realizou-se, também à sexta-feira ao final do dia, noutros locais da cidade.