Detidos em Sintra três homens que se dedicava à extorsão e segurança privada

Detidos em Sintra três homens que se dedicava à extorsão e segurança privada
Três homens foram detidos em Sintra por suspeitas de pertencerem a um grupo criminoso "perigoso" que se dedicava à extorsão e imposição de prestação de serviços de segurança privada, disse hoje à Lusa fonte da Polícia Judiciária (PJ).

Segundo a fonte, a detenção dos três homens surgiu na sequência de uma investigação desenvolvida nos últimos meses e os factos que originaram as detenções ocorreram em março de 2012, numa localidade perto de Algueirão-Mem Martins, no concelho de Sintra.
Na ocasião, os homens ameaçaram com uma arma de fogo o proprietário de um estabelecimento comercial, exigindo-lhe a entrega de dinheiro e impondo a prestação de serviços de segurança privada.
"Há uma primeira abordagem ao proprietário e depois exigiram uma determinada quantia em dinheiro, fazendo ameaças contra a integridade física das pessoas e contra as instalações. O principal crime aqui é a extorsão, pegámos no caso por esse crime, mas também pelo uso da arma de fogo e pela componente da segurança privada", disse a fonte da PJ.
Os detidos têm idades entre os 31 e os 42 anos, um deles é português, e todos têm antecedentes criminais pela prática de crimes semelhantes. Um dos suspeitos encontrava-se em liberdade condicional.
Segundo a fonte, os suspeitos têm "um potencial de perigosidade criminal acima da média" e a Polícia Judiciária está a investigar se o grupo criminoso era composto por mais elementos.
Os detidos vão hoje ser presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial.