CTT celebram centenário da atriz Mirita Casimiro na casa do Teatro Experimental de Cascais

CTT celebram centenário da atriz Mirita Casimiro na casa do Teatro Experimental de Cascais
O inteiro postal evocativo do centenário do nascimento da atriz Mirita Casimiro (1914-1970), é apresentado no teatro que ostenta o seu nome - Teatro Mirita Casimiro - no Monte Estoril, no concelho de Cascais, na quinta-feira, às 17:00, informaram os CTT-Correios de Portugal.
 
O inteiro postal tem a dimensão de 150X105 milímetros, uma tiragem de 4.000 exemplares, com o valor de "Taxa Paga", sendo válido apenas para Portugal, segundo a mesma fonte, que acrescentou que o design é de António Magalhães.
 
Mirita Casimiro terminou a sua carreira na companhia do Teatro Estúdio de Cascais, onde, entre outros, foi dirigida pelo encenador Carlos Avillez, tendo protagonizado o filme "Maria Papoila", de Leitão de Barros.
 
A atriz iniciou a carreira no teatro de revista, tendo-se estreado em 1933 em "Viva à folia", no Teatro Maria Vitória, em Lisboa. Em 1941, Mirita casou-se com o ator Vasco Santana, e os dois tornaram-se uma dupla de sucesso deste género teatral. A atriz fez uma passagem pelos palcos brasileiros e regressou aos nacionais em 1960, fazendo parte da companhia de Cascais.