Crianças desfavorecidas de Cascais beneficiam de bolsas em creches privadas

Crianças desfavorecidas de Cascais beneficiam de bolsas em creches privadas

O programa de bolsas sociais em creches da rede privada de Cascais para as famílias carenciadas, que arrancou este ano letivo, já abrange 99 crianças, informou hoje a Câmara Municipal.
Com um investimento anual de 150 mil euros, o programa "Bolsas Sociais em Creches da Rede Privada", lançado pela Câmara de Cascais no início deste ano letivo, está a beneficiar um total de 99 crianças, dos três meses aos três anos, provenientes de famílias mais fragilizadas, garantindo vagas em 23 creches privadas de todas as freguesias do concelho.
"É um programa de apoio social que, ao mesmo tempo, contribui para minimizar o impacto da atual conjuntura nas creches da rede privada", informou hoje a autarquia em comunicado.
Na mesma nota, a diretora colégio "A Abobrinhas", Rita Salema, revela que “o projeto trouxe grandes benefícios, principalmente para as famílias carenciadas do concelho, mas também para as creches”, pois se não fossem estas bolsas, haveria “um menor número de crianças, e consequentemente dificuldades para assegurar as despesas correntes".
Também a diretora da creche "O Bicharoco", Lídia Marques, citada pela Câmara de Cascais, disse que seis crianças vindas de famílias de baixos recursos financeiros estão "completamente enquadradas no colégio".
"Espero continuar esta parceria, uma vez que, quer em relação às entidades envolvidas, quer no que toca aos pais das crianças que recebemos no nosso colégio, tudo tem funcionado duma forma muito correta e com grande participação de todas as partes", acrescentou.
O objetivo do programa "Bolsas Sociais em Creches da Rede Privada" é atribuir bolsas a crianças que não tenham vaga nas creches da rede solidária e cujas famílias têm problemas financeiros.
Ao contrário da rede pública de creches do concelho, que se encontra sobrelotada, as creches privadas não conseguem preencher alguma vagas disponíveis e, por isso, aderiram a este programa, comprometendo-se a baixar as mensalidades.
Para o vereador da Ação Social da Câmara de Cascais, Frederico Pinho de Almeida, o programa "está a ter bons resultados" e resulta de uma parceria entre a autarquia, as juntas de freguesia do concelho e creches da rede privada.