Costa ocidental novamente em alerta amarelo

Costa ocidental novamente em alerta amarelo

Seis barras marítimas do continente estavam às 09:11 de hoje fechadas à navegação e outras duas condicionadas devido ao mau tempo, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros, de acordo com a Marinha portuguesa.

As barras de Caminha, Vila Praia de Âncora, Esposende, Douro, Póvoa do Varzim e São Martinho do Porto estão fechadas à navegação devido à forte agitação marítima, segundo informação disponível na página da Marinha na Internet.

A Marinha informa também que a barra da Figueira da Foz está fechada a embarcações de comprimento inferior a 11 metros.

No que diz respeito à barra de Vila do Conde, a Marinha aconselha que as embarcações até 12 metros de comprimento e/ou calado inferior a 2 metros devem praticar a barra no período compreendido entre as três antes e três horas depois da preia-mar.

Para as embarcações com comprimento superior a 2 metros e/ou calado superior a 2 metros apenas podem praticar a barra no período da preia-mar.

Por causa da agitação marítima, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou dez distritos do continente sob aviso amarelo, o segundo menos grave de uma escala de quatro, que significa uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

De acordo com o IPMA, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro vão estar entre as 09:00 de hoje e as 12:00 de domingo sob aviso amarelo devido ao estado do mar, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O IPMA colocou também os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Coimbra e Castelo Branco sob aviso amarelo, entre as 06:00 de sábado e as 06:00 de domingo, devido ao vento forte do quadrante oeste nas terras altas, com rajadas da ordem dos 90 quilómetros/hora.