Consumidores vão suportar descontos no gás atribuídos a famílias carenciadas

Consumidores vão suportar descontos no gás atribuídos a famílias carenciadas
Os descontos na fatura de gás natural para as famílias carenciadas vão passar a ser totalmente suportados pelos restantes consumidores, a partir de julho, com a integração do apoio social extraordinário ao consumidor de energia (ASECE) na tarifa social.
   
Fonte oficial do Ministério da Economia adiantou à Lusa que o desconto da tarifa social de gás natural vai passar a integrar a componente até agora atribuída através do ASECE, totalizando os descontos 31,2% sobre a fatura.
 
O ASECE é um instrumento de apoio social aos clientes de gás natural economicamente vulneráveis, suportado pelo Estado, atribuído em simultâneo com a tarifa social e que passará, a partir de 1 de julho, a ser financiado pelos restantes consumidores de gás natural, que já asseguram a componente da tarifa social no gás natural.
 
Já na eletricidade, os descontos para as famílias carenciadas vão passar a ser integralmente suportados pelos produtores, a partir de 1 de julho, com a integração do ASECE na tarifa social.