Congresso dos Cozinheiros destaca gastronomia portuguesa esta semana no Estoril

Congresso dos Cozinheiros destaca gastronomia portuguesa esta semana no Estoril
O Congresso Nacional dos Cozinheiros, que se realiza na quinta e na sexta-feira no Centro de Congressos do Estoril, promete “marcar a viragem no panorama da gastronomia nacional”, integrando o Congresso Mundial de Turismo de Culinária, segundo a organização.
 
Em declarações à agência Lusa, Paulo Amado disse hoje que a 11.ª edição do Congresso Nacional dos Cozinheiros vai estar representada no World Food Tourism Summit, que decorre em simultâneo no Estoril, no concelho de Cascais, com um programa dedicado a “Destacar Portugal”, através da gastronomia nacional.
 
O Congresso dos Cozinheiros vai ser “o maior palco da gastronomia portuguesa”, homenageando nomes que marcaram uma geração e lançando outros profissionais, explicou o responsável pela organização.
 
“Ao mesmo tempo que homenageamos uns [chefes de cozinha], lançamos também outros, esta é a atitude de ir lançando os profissionais do futuro”, afirmou.
 
A programação do congresso conta com demonstrações de cozinha e debates sobre a gastronomia portuguesa, sendo “um momento de troca de ideias, de apresentação de produtos”.
 
“Mesmo aqueles [cozinheiros] que já têm um trabalho consolidado nem por isso deixam de ficar surpreendidos com a variedade de produtos que uns apresentam aos outros, portanto não é só para iniciados”, explicou Paulo Amado.
 
O Congresso dos Cozinheiros já se encontra esgotado, com “mais de 300 pessoas inscritas”, entre cozinheiros profissionais, estudantes de cozinha e público.
 
De acordo com o responsável pelo evento, “o grande destaque desta 11.ª edição do Congresso dos Cozinheiros tem a ver com a quantidade de jovens cozinheiros que se apresentam pela primeira vez”: “Eles já estão a ‘dar cartas’, já são chefes de cozinha em hotéis e restaurantes, não têm é ainda o seu nome consolidado”.
 
Entre debates, homenagens e lançamento de novos chefes de cozinha, a organização prevê que “estes dois dias no Centro de Congressos do Estoril possam ser um momento de grande intensidade”.
 
“É uma partilha muito interessante, porque dizemos que o país é pequeno, mas é gigante em diversidade de produtos”, considerou Paulo Amado.