Concursos para obras em Mafra e restauro dos carrilhões abrem em 2015

Concursos para obras em Mafra e restauro dos carrilhões abrem em 2015
O diretor-geral do Património Cultural, Nuno Vassallo e Silva, anunciou que os concursos internacionais para o restauro dos carrilhões e para as obras necessárias à instalação do Museu da Música, em Mafra, arrancam em 2015.
"O concurso internacional para os projetos de especialidade", relacionados com a mudança do Museu da Música para o Palácio Nacional de Mafra, "arrancam para o ano que vem", e o restauro dos carrilhões é "imperativo dos imperativos", disse Nuno Vassallo e Silva à Lusa.
O diretor-geral do Património Cultural defendeu a instalação do Museu da Música em Mafra, contextualizando-o num conjunto patrimonial "único no mundo", composto pelos carrilhões e os seis órgãos da basílica local, mas não ignora um dos aspetos críticos da instalação do Museu naquele monumento nacional, que é o registo de altos índices de humidade que prejudicam a conservação dos instrumentos e de outras peças.
 
Instalação no Palácio de Mafra inclui arquivo sonoro
A instalação do Museu da Música no Palácio Nacional de Mafra inclui, "naturalmente, um arquivo sonoro", disse Nuno Vassallo e Silva.
De acordo com o responsável, "são pertença atual do museu cerca de 15.000 fonogramas, em variadíssimos suportes".
Vassallo e Silva, em declarações à Lusa, realçou a parceria do Estado com a Câmara de Mafra, para o projeto de instalação do Museu, dando como exemplo de "bom entendimento" com a autarquia, a criação do "arquivo de partituras, recentemente inaugurado", no auditório municipal Beatriz Costa.