Circuito Mundial de Surf em Peniche adiado por um dia

Circuito Mundial de Surf em Peniche adiado por um dia

A organização do Rip Curl Pro Portugal adiou hoje o arranque da oitava etapa do circuito mundial de surf, que vai ser disputada em Peniche e cujo período de espera se prolonga até 21 de Outubro.

Esta manhã, depois de aferirem as condições do mar na praia de Supertubos, os juízes decidiram voltar a fazer a chamada na quinta-feira, às 07:45, para um possível arranque do campeonato, com a bateria entre os brasileiros Adriano de Souza, vencedor da edição de 2011 do Rip Curl Pro Portugal, e Raoni Monteiro e o norte-americano Brett Simpson.

Ainda na primeira ronda, o português Tiago Pires vai defrontar os australianos Julian Wilson, 12.º da hierarquia, e Adrian Buchan, 13.º, no 12.º e último "heat" da primeira eliminatória.

Antes, na quinta bateria, o norte-americano Kelly Slater, 11 vezes campeão do Mundo e atual segundo classificado no "ranking", defronta os compatriotas Damien Hobgood e Dillon Perillo, que recebeu um “wild card (convite), enquanto o australiano Joel Parkinson, líder do circuito, vai encontrar no sexto “heat” o norte-americano Kolohe Andino, 24.º da hierarquia, e o francês Pierre-Valentin Labo, vencedor dos “trials”.

Já o australiano Mick Fanning, terceiro na hierarquia e campeão do Mundo em 2007 e 2009, vai estrear-se frente ao compatriota Kieren Perrow, 22.º, e ao havaiano Dusty Payne, 35.º, na quarta bateria da prova, imediatamente depois de John John Florence, quarto do “ranking”, defrontar Kai Otton e Patrick Gudauskas.

Em 2011, Adriano de Souza sagrou-se campeão do Rip Curl Pro Portugal ao vencer na final Kelly Slater, enquanto Tiago Pires não foi além do 25.º lugar em Supertubos, depois de ter sido eliminado brasileiro Heitor Alves na segunda eliminatória, para a qual tinha sido relegado por Gabriel Medina e Raoni Monteiro.