Cinco Mazda BT-50 presentes na mítica Baja Portalegre 500

Cinco Mazda BT-50 presentes na mítica Baja Portalegre 500

João Oliveira e João Rato, os vencedores das anteriores jornadas do Desafio Total/Mazda 2013, e também Etelvino Carvalho, Bruno Oliveira e Rui Lopes. São estes os pilotos que nos dois primeiros dias de Novembro irão disputar a Baja Portalegre 500, a próxima jornada do calendário 2013. Evento de referência do CPTT - Campeonato de Portugal de Todo-o-Terreno, apresenta-se, este ano, como o terceiro encontro da iniciativa co-organizada entre a Mazda Motor de Portugal e Cepsa Portuguesa (Total).

À semelhança do que aconteceu há menos de um mês, em Idanha-a-Nova, este evento contará, por isso, à partida com uma mão-cheia de Mazda BT-50, cujos pilotos irão querer ocupar o lugar mais alto do pódio e inscrever o seu nome no rico palmarés da prova, ainda para mais numa altura em que todos os pontos conquistados são importantes.

À entrada do evento que marcará a chegada a meio da temporada do Desafio 2013, quarto pontos separam João Oliveira de Etelvino Carvalho. O primeiro, recorde-se, estreou-se a vencer na Baja TT Idanha-a-Nova e o segundo tenta alcançar aquele que será o seu primeiro sucesso entre os seus pares. Atrás dele, a apenas 1 ponto, encontra-se João Rato, o detentor dos dois títulos de 2012 e 2011 e vencedor da jornada inaugural deste ano, em Reguengos. Seguem-se, com pouco menos de metade dos pontos do líder, Bruno Oliveira e Rui Lopes, estes com três pontos a separá-los.

Dado o relativo equilíbrio registado na prova que há um mês se disputou em Idanha, todos eles poderão ter algo a dizer no que se refere à vitória, contando com a tradicional robustez das pick-up Mazda BT-50 para ultrapassarem as dificuldades de uma prova como a Baja 500 Portalegre, com um traçado do agrado de todos mas reconhecidamente duro. Este ano a organização definiu um percurso composto pela habitual Super-Especial de 5,52 km (a correr-se na 6ª Feira, dia 1) e dois traçados complementares de 200 e 215 km, a disputar no sábado e que, muito naturalmente, irão estabelecer o escalonamento final.

 

Contemplando um percurso que recupera estradões usados nas primeiras edições da prova, em Ribeira de Seda e Avis, ou inéditos, em Ponte de Sor, integrando passagens por zonas já mais habituais, a Baja 500 Portalegre promete marcar a diferença. O arranque para a estrada está agendado para as 14h00 de sexta-feira (1 Novembro), iniciando-se meia hora depois a Super Especial (SS1), desenhada nos arredores daquela capital de distrito. Um aperitivo que contará para a Classificação Final da prova e que, dependendo das condições meteorológicas na região, poderá já apresentar-se bastante revolto e traiçoeiro, pois motos, quads e UTV/buggies antecipam-se ao grupo dos automóveis.

A partir das 06h45 de sábado as duplas das Mazda BT-50 do Desafio Total Mazda saem do Parque Fechado, rumando a SS2, para o primeiro de dois troços, este com 200 km e com início às 07h15. Pelo meio-dia e depois de uma assistência, um reabastecimento (ambos de 20 minutos) e um reagrupamento (mínimo 10 minutos) os pilotos iniciam os 215 km de SS3.

Dependendo da velocidade imposta entre os homens da frente, prevê-se que a prova termine a meio da tarde desse dia, então consagrando-se o nome do vencedor da categoria de Navegadores do Desafio Total Mazda 2013.