Chegada espectacular a Lisboa coloca português no 7.º lugar da Volvo Ocean Race

Chegada espectacular a Lisboa coloca português no 7.º lugar da Volvo Ocean Race
Com a chegada do barco português, o Turn the Tide on Plastic, da skipper britânica Dee Caffari e com Bernardo Freitas a bordo, ficou encerrada a primeira etapa da Volvo Ocean Race 2017-2018 que ligou Alicante a Lisboa. O triunfo foi para o Vestas 11th Hour Racing, de Charles Enright e Mark Towill.
 
Esta edição da Volvo Ocean Race é especial para os portugueses. Um barco leva as cores nacionais e três velejadores participam. António Fontes, no team AkzoNobel e Bernardo Freitas, no Turn the Tide on Plastic cumpriram um sonho nesta primeira etapa, competir na mais dura das competições desportivas profissionais. Frederico Melo fará a sua estreia na Etapa 2, que tem início no próximo dia 5 de novembro e terminará na Cidade do Cabo, na África do Sul.
 
Bernardo Freitas estava naturalmente satisfeito na chegada a Lisboa e por ter feito a estreia na Volvo Ocean Race: “Tenho um sentimento especial pela conquista do dia de hoje, que não é só minha, mas de todos os portugueses envolvidos nesta regata. Foi uma etapa intensa em que apanhámos um bocadinho de tudo. De condições muito extremas, 36 a 40 nós com muitas ondas até zero vento. Aprendemos muito, passámos por situações diferentes. O resultado não foi o que idealizava, pensei que podíamos chegar mais à frente, mas faz parte da vela e do desporto. Daqui a uma semana cá estaremos para largar para a próxima etapa e espero que estejamos mais fortes e alcancemos um resultado melhor”, refere.
 
Sobre o duelo com o Team Brunel, de Bouwe Bekking que participa pela oitava vez na regata, o velejador português considera: “Tivemos uma luta com eles quase desde Porto Santo. Ganhávamos e perdíamos, chegámos a estar à frente bastante tempo. Passaram-nos devido a um salto de vento e as últimas 350 milhas foram taco-a-taco. Aprendemos muito em termos de ‘trimming’ e de condução do barco. Sem dúvida que a experiência deles foi uma mais valia para nós”, afirma.
 
Bernardo Freitas conclui: “É importante pedir aos portugueses para virem à Race Village, mostrarem do que somos feitos, apoiar e desfrutar deste evento espetacular.”
 
Etapa 1
 
Alicante – Lisboa (1450 milhas náuticas)
 
1. Vestas 11th Hour Racing – chegou às 14:08.45 UTC
2. MAPFRE - chegou às 16:42.30 UTC
3. Dongfeng Race Team - chegou às 16:57:48 UTC
4. team AkzoNobel - chegou às 18:11:56 UTC
5. Sun Hung Kai/Scallywag - chegou às 18:57:44 UTC
6. Team Brunel - chegou às 20:29:00 UTC
7. Turn the Tide on Plastic – chegou às 20:36:52 UTC
 
Classificação Geral após a Etapa 1 
 
1. Vestas 11th Hour Racing - 8 points
2. MAPFRE - 6 points
3. Dongfeng Race Team - 5 points
4. team AkzoNobel - 4 points
5. Sun Hung Kai/Scallywag - 3 points
6. Team Brunel – 2 points
7. Turn the Tide on Plastic – 1 point