Cerealto compra fábrica da Mondelēz em Mem Martins e mantém postos de trabalho

Cerealto compra fábrica da  Mondelēz em Mem Martins e mantém postos de trabalho
A Mondelēz International, uma das principais empresas do setor alimentar a nível mundial, chegou a um acordo com a Cerealto para manter a atividade industrial na fábrica de bolachas da localidade de Mem Martins (Sintra). O acordo contempla o compromisso de manter todos os postos de trabalho desta unidade, assim como a venda, à Cerealto, da maquinaria e das linhas de produção, de que a Mondelēz International é proprietária.
 
A Mondelēz já informou o Comité de Trabalhadores do acordo alcançado. Na base das negociações esteve sempre o objetivo de garantir a melhor solução para os 92 empregados desta instalação, cujo encerramento foi anunciado no passado mês de novembro. Neste sentido, a Cerealto formalizou o compromisso de manter 100% dos postos de trabalho, as condições laborais em vigor e a antiguidade dos trabalhadores. 
 
A operação não inclui a venda de nenhuma das marcas da Mondelēz. No entanto, este contrato de ‘comanufactura’ prevê que a Cerealto fabrique alguns produtos para a Mondelēz. 
 
Ambas as partes esperam concluir esta transação no decorrer do mês de julho deste ano, pelo que a Cerealto assumiria o controlo da fábrica, da sua produção e dos trabalhadores a partir do dia 1 de agosto. A partir desse momento, começaria a incorporar nas linhas, de forma progressiva, algumas das suas referências de bolachas. 
 
De acordo com fontes da Cerealto, a operação representa um grande desafio para a companhia, uma vez que está a adquirir uma equipa qualificada e tecnologia de ponta a uma das empresas líder na alimentação mundial. 
 
A compra da fábrica de Mem Martins vai ao encontro da estratégia de expansão internacional da Cerealto – que será a sua segunda fábrica em Portugal, após a aquisição, em 2013, à Danone, da instalação de alimentação infantil Nutriceal Foods, localizada em Benavente, Santarem. 
 
A Mondelēz quer destacar a atitude de diálogo que os representantes dos trabalhadores assumiram, assim como a responsabilidade e o clima de respeito aplicados às negociações, que permitiram chegar a esta solução. 
 
Após este processo, a Mondelēz mantém a sua estrutura comercial e logística em Portugal, onde emprega 120 colaboradores e é líder de vendas nas categorias em que opera. A nível mundial, a empresa, com mais de 110.000 trabalhadores, está presente em 165 países a comercializar marcas reconhecidas como Oreo, Milka, Trident ou Philadelphia.
 
A Cerealto é uma empresa de alimentação com uma história de mais de 25 anos de fabrico de produtos com base cereal em diversas categorias: bolachas, cereais de pequeno-almoço, alimentação infantil, pão, pastelaria, massa ou produtos sem glúten. Apoiada por mais de 14 fábricas em Espanha e um centro de referência de R&D na Europa, a Cerealto conta com centros de operação em Portugal, Itália, Reino Unido, México e nos Estados Unidos e tem clientes em mais 40 países.