Cecília Honório é candidata do BE em Cascais e acusa direita de errar prioridades

Cecília Honório é candidata do BE em Cascais e acusa direita de errar prioridades
A ex-deputada Cecília Honório é a candidata do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Cascais e acusa a direita de “errar nas prioridades” para o concelho, dizendo “ser um mito” que este é município rico.
 
“A imagem de Cascais como concelho rico é um mito, como o demonstram a quebra do poder de compra abaixo da evolução nacional, a taxa de desemprego, os baixos salários, um concelho centrado no comércio e turismo e sem capacidade de fixação da mão-de-obra mais qualificada”, afirmou Cecília Honório, na apresentação da sua candidatura que decorreu, domingo, no Parque Urbano Quinta de Rana e que contou com a presença da coordenadora Catarina Martins.
A candidata do BE acusou a maioria PSD/CDS-PP, que governa o concelho há 16 anos, de estar “agarrada a uma visão elitista e ao presidencialismo” e de “errar nas prioridades”.
“Precisamos de transportes públicos de qualidade gratuitos para jovens e desempregados, precisamos de estacionamento gratuito, ciclovias e uma resposta articulada pelo direito à mobilidade das populações que aqui vivem, aqui trabalham e se deslocam diariamente para outros concelhos”, disse.
Elegendo a inversão das políticas de habitação como uma prioridade para fixar mais jovens no concelho, Cecília Honório, que vive e trabalha no município, salientou que Cascais “é uma terra de grandes desigualdades”.
“Para os dirigentes do PSD, que não têm nenhuma vergonha de dizer em voz alta que Cascais não é para toda a gente, respondemos: estão completamente enganados”, disse.
A candidata centrou as suas críticas no presidente da Câmara, o social-democrata Carlos Carreiras, e apontou as suas recentes declarações como coordenador autárquico do PSD sobre Lisboa como sinal de “nervosismo”. 
“Tão nervosos que para o presidente da câmara e responsável pelas autárquicas do PSD, é lhe indiferente quem ganha, se a sua candidata se a do CDS”, criticou Cecília Honório.
A antiga deputada invocou ainda outras declarações de Carreiras, em que este terá dito não ver diferenças entre Catarina Martins e a candidata de extrema-direita às presidenciais francesas, Marine Le Pen.
“Precisavam que o diabo vos salvasse, como o diabo não veio agora entretêm-se a inventar outros papões”, acusou Cecília Honório, contrapondo que o BE só é radical a defender os direitos e rendimentos do trabalho. 
Contra o perpetuar da direita no poder, a antiga deputada invocou o compromisso nacional do BE nestas autárquicas, de propor um programa para a transparência que passa também pelo registo de interesses para todos os eleitos e eleitas.
Maria Cecília Vicente Duarte, 55 anos, foi deputada do Bloco de Esquerda entre 2009 e 20015, pelos círculos de Lisboa e de Faro.
Integrou a Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias e a Comissão de Ética, Cidadania e Comunicação, bem como a Subcomissão de Igualdade.
É doutorada em História das Ideias Políticas e professora do Ensino Secundário.
Luís Salgado será o candidato do BE à Assembleia Municipal de Cascais.