Cascais recebe etapa mundial de corrida de catamarans a alta velocidade

Cascais recebe etapa mundial de corrida de catamarans a alta velocidade
A Baía de Cascais vai receber, até domingo, uma prova do circuito mundial do Extreme Catamaran, uma corrida de barcos de alta velocidade, cujo retorno financeiro será de 1,9 milhões de euros para a economia local.
 
Para o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, será um evento "altamente rentável" para o concelho.
 
"Vale pela componente desportiva e projeção do concelho, já que é um fator de atração dos turistas. Além disso, será altamente rentável porque não houve qualquer envolvimento financeiro da autarquia, os custos foram inteiramente suportados pela organização", afirmou Carlos Carreiras à agência Lusa.
 
A XCAT World Series, nome da prova, traz até Cascais um ‘staff’ de 130 pessoas, com elevado poder de compra, que permanecem entre seis a 12 noites.
 
"Pelas estimativas dos organizadores, falamos de um retorno direto de pelo menos 1,9 milhões de euros na economia local. A este valor, devem ainda acrescentar-se ganhos indiretos e de longo prazo que decorrem da exposição mediática", aponta a Câmara de Cascais.
 
Pela primeira vez em Portugal, a XCAT World Series é uma das mais competitivas e poderosas corridas do mundo na água, na qual participam equipas internacionais que disputam o pódio.
 
A prova será uma batalha de velocidade sobre a água perto da costa, ao largo da Baía de Cascais, na qual irão participar 13 equipas internacionais, desde os Emirados Árabes Unidos, Itália, Suécia ou Austrália.
 
Os pilotos serão recebidos hoje ao final tarde no Salão Nobre da Câmara de Cascais.
 
As qualificações decorrem hoje e no sábado e a corrida principal está marcada para domingo, às 15:00.