Cascais investe 15 milhões em novas escolas

Cascais investe 15 milhões em novas escolas

A Câmara de Cascais está a realizar um plano de intervenções no parque escolar que prevê a construção de novas escolas e a requalificação de outras, num investimento total de quase 15 milhões de euros entre 2012 e 2013.

Dados enviados pela autarquia à agência Lusa mostram que a câmara, no âmbito deste projecto, já gastou cerca de 11,3 milhões de euros e tem ainda previsto investir pelo menos 3,4 milhões em diversas intervenções que abrangem mais de 50 escolas.

Já inauguradas este ano, as escolas básicas do Monte Estoril, São Pedro do Estoril e Mato Cheirinhos e as obras de requalificação do recreio da escola Monte Real, em Tires, custaram à autarquia cerca de 5,6 milhões de euros.

As obras de ampliação da Escola Básica e Jardim de Infância de São Pedro do Estoril, fruto de um investimento de 837 mil euros, são as próximas a ser inauguradas, na quinta-feira.

Com capacidade para 150 crianças, o edifício passou de três para quatro salas de aula do primeiro ciclo, tendo ainda sido criadas duas salas para a valência de jardim de infância.

A nova Escola Básica n.º 2 de Rana deverá abrir no próximo ano letivo, num investimento de 2,1 milhões de euros, com quatro salas de aula para primeiro ciclo e duas salas de jardim-de-infância.

Também em São Domingos de Rana, a nova Escola Básica e Jardim de Infância Padre Agostinho da Silva, que aguarda a assinatura do contrato, poderá custar cerca de 2,8 milhões de euros (ainda está na fase de projecto, não foi adjudicada) e irá dispor de oito salas de aula para o primeiro ciclo e duas salas de jardim-de-infância.

Ainda sem concurso lançado, a requalificação e ampliação da Escola Básica Manuel Gaião, do Agrupamento de Escolas de Alvide, já tem o projecto concluído e deverá custar cerca de 1,2 milhões de euros.

A Escola Básica 2,3 Matilde Rosa Araújo tem também já o projecto concluído para um novo edifício que servirá de pólo tecnológico de formação e cujo investimento rondará os 662 mil euros.

A nova Escola Básica de Sassoeiros, que será construída no local da actual escola do bairro do Arneiro, em Carcavelos, tem o seu projecto em fase de revisão e deverá custar 1,4 milhões de euros.

Ainda sem valor estimado estão os projectos de requalificação do Jardim de Infância D. Luís, em Cascais, e da Escola Básica de Caparide.

A câmara tem ainda previsto concretizar o projecto "Crianças à sombra" - aprovado no Orçamento Participativo, no valor de 55 mil euros e cujas obras deverão iniciar-se "em breve" - e ainda o projecto para construir um novo edifício na Escola Básica n.º 2 da Parede para realização de actividades curriculares e extracurriculares que deverá custar 215 mil euros.

"Todas estas obras, quer sejam novas ou requalificadas, visam tornar o ensino/escola pública mais atractivo no que concerne à competência dos municípios. O nosso parque escolar fica assim com condições ímpares para o ensino de qualidade, com melhores refeitórios, melhores bibliotecas e melhores espaços exteriores", afirmou em Janeiro à Lusa a vereadora da Educação, Ana Clara Justino.