Cascais inaugura centro de interpretação da natureza na serra de Sintra

Cascais inaugura centro de interpretação da natureza na serra de Sintra
No sábado, 13 de maio, às 10h30, a Câmara Municipal de Cascais inaugura a Casa da Cal – Centro de Interpretação da Natureza na Quinta do Pisão, infraestrutura que completa o processo de recuperação naquele espaço, iniciado em 2008. A Quinta conta com 3500 visitantes por mês.
 
A Casa da Cal – Centro de Interpretação, que representa o culminar da intervenção neste espaço e o início de uma nova fase, contém uma exposição permanente alusiva aos valores naturais e histórico-culturais e está dotada de uma cafetaria de apoio e um posto de informação sobre as atividades que podem ser  praticadas neste parque de natureza como por exemplo o passeio de burro, a cavalo, passeio interpretativo de BTT ou seg-way, bem como adquirir produtos na horta da quinta.
 
Este espaço terá anualmente uma programação com exposição temporárias e atividades diversas, dispondo de instalação para a dinamização de oficinas, palestras e receber grupos escolares.
 
Numa primeira fase de requalificação foram desenvolvidas ações de proteção e conservação da natureza tais como a reintrodução das práticas agrícolas como medidas de gestão de habitat e promoção da biodiversidade. Em 2010 iniciou-se a segunda fase do processo de requalificação que passou pela melhoria dos acessos e instalação de sinalética informativa sobre os valores naturais e culturais deste parque de natureza, arranjos que permitiram a abertura da Quinta do Pisão ao público.
 
A Quinta do Pisão tem sido apresentada como  um caso de estudo de boas práticas onde relaciona a conservação da natureza e biodiversidade com a saúde e bem-estar e um turismo responsável, tendo  integrado um relatório da Comissão Europeia sobre esta temática. A quinta tem atualmente uma média de 3500 visitantes/mês que recorrem a este espaço para o passeio e observação daa natureza, a prática de desporto e o recreio ativo.
 
O investimento da Casa da Cal foi de 500 000 Euros, e tem o apoio do Programa de Intervenção Territorial (de 110. 000€).
 
Neste segundo fim-de semana de maio decorre, na Quinta do Pisão, a Festa dos Maios, com programas variados ao longo dos dois dias, para todos os públicos. A Entrada é livre.