Cascais escolhida para organizar Capital Europeia da Juventude em 2018

Cascais escolhida para organizar Capital Europeia da Juventude em 2018
A vila de Cascais foi anunciada como Capital Europeia da Juventude 2018, na segunda vez em que um município português é escolhido para organizar o evento europeu, informou a autarquia.
 
"Cascais estava a concorrer com cidades fortíssimas. Nunca fomos a candidatura com mais recursos financeiros, tão pouco a mais próxima do centro da Europa onde tudo se decide", salientou o presidente da autarquia, Carlos Carreiras (PSD), em comunicado enviado à Lusa.
 
A escolha de Cascais foi anunciada em Madrid, ao final da tarde de hoje, de entre 20 candidaturas de cidades europeias, mas a vila portuguesa já constava de uma "short list" na companhia de Manchester (Reino Unido), Perugia (Itália), Kecskemet (Hungria) e Novi Sad (Sérvia), afirma a nota da autarquia.
 
O júri presidido pelo Fórum Europeu da Juventude acabou por ser convencido pelos argumentos de Cascais, que colocou como temas centrais da edição de 2018 da Capital Europeia da Juventude o "desemprego jovem, a mobilidade, a educação e qualificação, o direito à família e à felicidade", acrescentou Carlos Carreiras.
 
"Hoje os jovens carregam etiquetas por vezes pouco abonatórias. Contestámos isso. Olhámos para a história e vimos que, em todos os tempos, são os jovens a mola do progresso cívico, social e económico. É essa centralidade da juventude na vida coletiva que queremos recuperar", frisou.
 
A vereadora da Juventude na Câmara de Cascais, Catarina Marques Vieira, recebeu o título da organização na capital espanhola, onde prometeu para 2018 "a melhor Capital Europeia da Juventude de sempre".
 
Além do Fórum Europeu da Juventude, o júri é ainda composto por representantes do Parlamento Europeu, Conselho da Europa, International IDEA, Euractiv, Microsoft, Conselho das Autarquias e Regiões da União Europeia, a Assembleia das Regiões, Comité das Regiões e Universidade de Cagliari.
 
A iniciativa, organizada em Braga em 2012, também já se realizou em Roterdão, Turim, Antuérpia, Maribor, Tessalónica e Cluj.
 
Segundo a autarquia de Cascais, o município foi o primeiro a criar um Gabinete de Estágios Profissionais, possui 38 associações juvenis, 2500 jovens envolvidos no movimento associativo e 1600 voluntários que participam anualmente em iniciativas municipais.