Casa do Futebol esquece Sintra e vai ser apresentada em Oeiras

Casa do Futebol esquece Sintra e vai ser apresentada em Oeiras

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) desistiu de vez do projecto Casa das Selecções a erguer em Sintra (Almargem do Bispo), apostando agora na chamada Cidade do Futebol, a nascer no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

Depois de 12 anos de impasse, promessas e algum investimento, o projecto apadrinhado pela Câmara de Sintra cai assim por terra, com a FPF a anunciar que a Cidade do Futebol, espaço que no futuro deve acolher os trabalhos das selecções portuguesas, vai ser apresentado a 5 de Setembro.

A apresentação e a cerimónia de assinatura do protocolo que oficializa o arranque do projecto, marcada para as 11h30, com a presença do ministro Adjunto e dos Assuntos Parlamentares, Miguel Relvas, realiza-se na tribuna de honra do Estádio Nacional, em Oeiras, nas imediações do qual ficará situada a Cidade do Futebol.

A edificação deste espaço foi um dos principais pontos do programa de candidatura de Fernando Gomes à presidência da FPF e era desejo do vice-presidente com o pelouro das selecções, Humberto Coelho, que ficasse na zona do Jamor.

Em Abril, o vereador do Desporto da Câmara Municipal de Oeiras, Paulo Vistas, disse agência Lusa que a Cidade do Futebol seria construída no Alto da Boa Viajem, junto ao Estádio Nacional.

Na altura falou num projecto para o Vale do Jamor que incluía um pavilhão multiusos, dois campos de futebol e dois hotéis, um dos quais de cinco estrelas com 320 quartos.

De acordo com Paulo Vistas, "o pavilhão multiusos deveria ter uma vocação para acolher o ténis, mas também para acolher eventos de futsal e dar resposta ao total das necessidades para a instalação no Jamor da Casa das Selecções”.