Carnaval do MTBA mantém tradição

Carnaval do MTBA mantém tradição
Magoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros, em São João das Lampas, já se preparam, afincadamente, para os dias de festa do Carnaval. Tendo como tema central ‘Viagem ao Mundo em Três Dias’, a folia está dividida em quatro subtemas, abrangendo vastas  coreografias, novas roupas e trajes e muita animação, com a viagem reservada para o Brasil, México, África, Ásia e o Ártico.  
Organizado pelo Grupo União Recreativo e Desportivo Magoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros (MTBA), o Carnaval envolve cerca de 400 pessoas das quatro aldeias, ao longo de quatro dias de festa, entre sexta e terça-feira. Uma das imagens de  marca da folia é, precisamente, o envolvimento local na vasta animação que vai decorrer no pavilhão da colectividade e nas ruas das aldeias. 
O Carnaval do MTBA caracteriza-se por “uma participação activa da população, quer ao nível do envolvimento directo em cada uma das aldeias através da participação nas coreografias, ajudando financeiramente, quer ao nível das comissões organizadoras que, para além de tratarem dos fatos, das coreografias, concebem os carros que animam o corso de rua”, salientam os responsáveis da colectividade.
“Um espectáculo para todos, que é feito com o envolvimento de muitos”, reforça a organização, que garante que, anualmente, tem vindo “a crescer o número de participantes e ainda o número de pessoas que se deslocam ao pavilhão ou às ruas das aldeias para participarem e se juntarem a esta festa”.
Na viagem ao mundo, o Brasil é mesmo representado pelo grupo convidado de Cabriz, com o México a cargo do Magoito, África pela Tojeira, Ásia por Bolembre e o Ártico pelos foliões de Arneiro dos Marinheiros. 
O início da viagem tem lugar no pavilhão do MTBA, na noite de dia 10, a partir das 22h00, com a actuação do Grupo da Associação Cultural Social e Recreativa de Cabriz, a coroação  dos Reis do Carnaval, com a passagem de testemunho de Arneiro dos Marinheiros para o Magoito, “um momento sempre divertido e animado”, culminando com o espectáculo da Marcha de Carnaval e o desfile do corso das quatro aldeias.
A festa prossegue no dia seguinte, com o Corso no Magoito, num recinto delineado na Rua da Aldeia dos Macacos. Um desfile que conta, este ano, com a participação especial do Grupo Batucando, do Montijo. Na noite de dia 12, às 21h30, o pavilhão recebe o baile e concurso de máscaras, com participação do DJ Lupa.
Na Terça-Feira Gorda, a partir das três da tarde, o corso desfila pelas principais ruas das quatro aldeias, seguindo-se, às 18h00, o espectáculo final no pavilhão da colectividade, com a participação dos Farra Fanfarra, Grupo de Cabriz e Bombos das Mercês.
Com o apoio da Câmara de Sintra e da União de Freguesias de São João das Lampas e Terrugem,  o MTBA promete manter a tradição de “cor, animação e, claro, muita folia”, não só nas ruas, mas, também, no pavilhão, onde todos são convidados, na noite de segunda-feira, a “colocarem uma máscara, juntarem-se à festa e brincarem ao Carnaval”.
                                    JCSMagoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros, em São João das Lampas, já se preparam, afincadamente, para os dias de festa do Carnaval. Tendo como tema central ‘Viagem ao Mundo em Três Dias’, a folia está dividida em quatro subtemas, abrangendo vastas  coreografias, novas roupas e trajes e muita animação, com a viagem reservada para o Brasil, México, África, Ásia e o Ártico.  
Organizado pelo Grupo União Recreativo e Desportivo Magoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros (MTBA), o Carnaval envolve cerca de 400 pessoas das quatro aldeias, ao longo de quatro dias de festa, entre sexta e terça-feira. Uma das imagens de  marca da folia é, precisamente, o envolvimento local na vasta animação que vai decorrer no pavilhão da colectividade e nas ruas das aldeias. 
O Carnaval do MTBA caracteriza-se por “uma participação activa da população, quer ao nível do envolvimento directo em cada uma das aldeias através da participação nas coreografias, ajudando financeiramente, quer ao nível das comissões organizadoras que, para além de tratarem dos fatos, das coreografias, concebem os carros que animam o corso de rua”, salientam os responsáveis da colectividade.
“Um espectáculo para todos, que é feito com o envolvimento de muitos”, reforça a organização, que garante que, anualmente, tem vindo “a crescer o número de participantes e ainda o número de pessoas que se deslocam ao pavilhão ou às ruas das aldeias para participarem e se juntarem a esta festa”.
Na viagem ao mundo, o Brasil é mesmo representado pelo grupo convidado de Cabriz, com o México a cargo do Magoito, África pela Tojeira, Ásia por Bolembre e o Ártico pelos foliões de Arneiro dos Marinheiros. 
O início da viagem tem lugar no pavilhão do MTBA, na noite de dia 10, a partir das 22h00, com a actuação do Grupo da Associação Cultural Social e Recreativa de Cabriz, a coroação  dos Reis do Carnaval, com a passagem de testemunho de Arneiro dos Marinheiros para o Magoito, “um momento sempre divertido e animado”, culminando com o espectáculo da Marcha de Carnaval e o desfile do corso das quatro aldeias.
A festa prossegue no dia seguinte, com o Corso no Magoito, num recinto delineado na Rua da Aldeia dos Macacos. Um desfile que conta, este ano, com a participação especial do Grupo Batucando, do Montijo. Na noite de dia 12, às 21h30, o pavilhão recebe o baile e concurso de máscaras, com participação do DJ Lupa.
Na Terça-Feira Gorda, a partir das três da tarde, o corso desfila pelas principais ruas das quatro aldeias, seguindo-se, às 18h00, o espectáculo final no pavilhão da colectividade, com a participação dos Farra Fanfarra, Grupo de Cabriz e Bombos das Mercês.
Com o apoio da Câmara de Sintra e da União de Freguesias de São João das Lampas e Terrugem,  o MTBA promete manter a tradição de “cor, animação e, claro, muita folia”, não só nas ruas, mas, também, no pavilhão, onde todos são convidados, na noite de segunda-feira, a “colocarem uma máscara, juntarem-se à festa e brincarem ao Carnaval”.
                                    JCS