Carnaval anima aldeias MTBA, em Sintra

Carnaval anima aldeias MTBA, em Sintra

Mesmo sem tolerância de ponto por parte do Governo, as quatro aldeias MTBA (Magoito, Tojeira, Bolembre e Arneiro dos Marinheiros), na freguesia de São João das Lampas, voltam a sair à rua para festejar o Carnaval. Em 12.ª edição, o Carnaval do Magoito promete muita animação, com a participação de mais de 300 figurantes que vão dar corpo aos temas escolhidos por cada uma das localidades. Este ano, Magoito recua aos Anos 80, com músicas desses tempos, numa vertente disco, enquanto a Tojeira oferece um Carnaval repleto de Saltimbancos, que marcaram a Idade Média. Arneiro leva-nos numa longa viagem de cerca de três mil quilómetros, de Buenos Aires até à Patagónia, com o tema Argentina, e Bolembre aposta no Forró e nos típicos sons do nordeste brasileiro. A Marcha do MTBA apresenta-se este ano com o tema “Piratas das Caraíbas”

Momentos de festa, diversão, animação e folia é o que está reservado entre sexta e terça-feira, com a organização a cargo do MTBA-Grupo União Recreativa e Desportivo, “num espectáculo para todos, que é feito com o envolvimento de muitos”. Esta é, aliás, a chave do sucesso do Carnaval do MTBA, o mais característico do concelho de Sintra que, apesar das dificuldades, se tem vindo a afirmar ano após ano. A participação activa da população das quatro aldeias, através da execução dos fatos e dos carros que animam o corso, tem permitido manter esta animação que atrai centenas de foliões de toda a região.

Os festejos arrancam esta sexta-feira, a partir das 22h00, no pavilhão do MTBA, com uma Mixórdia Carnavalesca, pelas quatro aldeias e pelo marcha do MTBA, num momento de festa que inclui a coroação dos Reis do Carnaval 2013. A noite prossegue com Baile de Máscaras ao som do Grupo Ideiafix. No mesmo local, na noite seguinte, tem lugar a apresentação das coreografias das quatro aldeias, a par de animação musical com a actuação dos Bombos de Santa Maria. Outro dos pontos altos do Carnaval decorre no domingo, a partir das 15h00, com o desfile do corso pelas quatro aldeias. Às 18h00, as coreografias são apresentadas no Pavilhão do MTBA. Este ano, devido à falta de tolerância de ponto, o Corso desfila na terça-feira, a partir das 16h00, mas num percurso reduzido.