Candidato da CDU à Câmara de Almada promete prioridade à educação

Candidato da CDU à Câmara de Almada promete prioridade à educação

Para Joaquim Judas a educação é um dos sectores de grande “importância” na vida económica, social e cultural local e na formação cívica e democrática dos cidadãos. Por isso o candidato da CDU à Câmara de Almada coloca como uma das prioridades no seu programa o apoio da autarquia na “continuada melhoria de instalações e equipamentos escolares”.

"Nós queremos que Almada seja cada vez mais uma terra de cultura e do conhecimento, onde ninguém fique para trás", afirmava o candidato durante o debate sobre a Educação em Portugal, que se realizou no Fórum Romeu Correia.

Joaquim Judas manifestou estar preocupado pelo “impacto das graves situações de carência actualmente vividas pelas famílias, na vida das escolas e nas condições de vida e de aprendizagem das crianças e jovens”. E garantiu que a comunidade educativa, professores, pais, alunos e outras agentes, “podem continuar a contar com a CDU”.

O candidato da CDU referiu também que assumindo as autarquias com frequência responsabilidades no sector da educação que vão para além das suas competências formais, “é dever imperativo do Governo assumir as suas responsabilidades nesta área, em conformidade com a Constituição da República, em vez de continuar a trilhar um caminho que visa a desvalorização e destruição da escola e ensino público”.

Um dos participantes no debate foi António Matos, actual vereador da Cultura e Educação, que apontou o dedo ao Governo por criar “constrangimentos” ao trabalho do actual executivo comunista em Almada no sector da educação.