Campeonatos de Portugal com Europeus à vista

Campeonatos de Portugal com Europeus à vista
A duas semanas dos Campeonatos da Europa de Gotemburgo (1 a 3 de Março), os Campeonatos de Portugal de pista coberta, que este fim de semana se realizam em Pombal, terão como atrativo extra a busca de mínimos.
São seis os atletas portugueses que já alcançaram as marcas pedidas pela Federação Portuguesa de Atletismo para os Europeus, que decorrem entre 1 e 3 de março: Diogo Antunes (Benfica) nos 60 metros (6,70 segundos), Hélio Gomes (Benfica) nos 1.500 metros (3.43,20 minutos), Rasul Dabo (Benfica) nos 60 metros barreiras (7,74 segundos), Edi Maia (Sporting) na vara (5,50 metros), Sara Moreira (Maratona) nos 3.000 metros (8.52,48 minutos) e Patrícia Mamona (Sporting) no triplo (13,93 metros).
Todos deverão estar presentes nas suas provas e Sara Moreira poderá até correr também os 1.500 metros, para ganhar ritmo competitivo. Vice-campeã europeia de 3.000 metros há quatro anos, em Turim, ela é a principal esperança lusa para a obtenção de uma medalha em Gotemburgo.
Entre os atletas ainda sem mínimos, Marco Fortes não deverá falhar a oportunidade para obter os necessários 19,30 metros. O lançador de peso do Benfica, recordista nacional de pista coberta com 20,91 metros na época passada, tem estado longe das marcas de há um ano, porventura conseguidas demasiado cedo na temporada, com reflexos, mais tarde, numa menor produção nos Jogos Olímpicos de Londres.
Há um ano, foi acompanhado de Sónia Tavares aos Mundiais de pista coberta, numa muito reduzida delegação portuguesa. A atleta do Beira-Mar tentará agora os 7,34 segundos aos 60 metros necessários para garantir a presença em Gotemburgo.
No sector masculino, está a ser intensa a luta pela presença nos 60 metros. Diogo Antunes já conseguiu os 6,72 necessários, mas tem perdido com dois outros grandes candidatos, o ainda júnior Carlos Nascimento (Sporting), que já ficou a um centésimo, e Yazaldes Nascimento (Benfica), que na época passada chegou a fazer 6,72.
Ainda no setor feminino, há duas atletas com aspirações: a varista Eleonor Tavares (Sporting), recordista nacional com 4,42 metros na época passada, que tem este ano 4,20 como melhor e tentará os necessários 4,35, e a triplista Susana Costa (individual), que já atingiu este ano os 13,61 metros e precisa de 13,80 para acompanhar Patrícia Mamona, que já conseguiu o mínimo.
Os Campeonatos de Portugal vão incluir os Nacionais de Provas Combinadas, realizando-se as provas em três jornadas, que se iniciarão às 14:00 de sábado e às 10:00 e 14:00 de domingo, tendo cobertura televisiva através do site da Federação Portuguesa de Atletismo.