Câmara do Montijo espera decisão urgente sobre aeroporto complementar à Portela

Câmara do Montijo espera decisão urgente sobre aeroporto complementar à Portela
O presidente da Câmara do Montijo, Nuno Canta (PS), pediu ao Governo uma decisão "urgente" sobre a localização do novo aeroporto complementar ao da Portela.
 
Nuno Canta reuniu-se na passada sexta-feira (dia 22) com o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, para fazer um ponto de situação sobre o processo.
 
"Reunimo-nos hoje e ainda não temos uma resposta definitiva. O que nos foi transmitido é que ainda existem estudos a fazer, mas quer o Governo, quer as autarquias têm urgência em saber, apesar de compreender que o novo Governo precisa de tempo para estudar o processo", disse à Lusa Nuno canta.
 
O autarca referiu que a deslocação das companhias 'low-cost' para a base aérea número 6, no Montijo, pode ser importante para o concelho, mas também para toda a região de Setúbal.
 
"Quisemos saber como estava a decorrer o processo e fico satisfeito por considerarem o Montijo como a solução mais eficiente e por estarem inclinados a continuar a avançar com o trabalho. Esta infraestrutura tem que ser pensada de forma clara, pois pode aumentar toda a competitividade da região", defendeu.
 
Nuno Canta mostrou-se ainda satisfeito pela disponibilidade do ministro para recebê-lo.
 
"Já tinha solicitado muitas vezes reuniões ao anterior Governo e tal não aconteceu, agora conseguimos reunir-nos. Esperamos uma resolução do processo para breve", insistiu.
 
A 07 de janeiro, o ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, disse que o novo Governo socialista está a profundar o estudo do projeto do aeroporto do Montijo complementar ao de Lisboa, uma solução do anterior executivo para responder ao estrangulamento do aeroporto da Portela.