Cacilheiro 'Trafaria Praia' exibe arte de Joana Vasconcelos pela mão da DouroAzul

Cacilheiro 'Trafaria Praia' exibe arte de Joana Vasconcelos pela mão da DouroAzul
O cacilheiro convertido no projeto de arte "Trafaria Praia", pela artista plástica Joana Vasconcelos, estará acessível ao público português a partir de abril, em Lisboa, anunciou hoje a empresa DouroAzul.
Em comunicado enviado à Lusa, a empresa revela que "exerceu o direito de preferência sobre a aquisição" da embarcação, batizada "Trafaria Praia", quando sofreu uma transformação artística por Joana Vasconcelos para representar Portugal na Bienal de Veneza de 2013.
Segundo a DouroAzul, o cacilheiro deverá regressar a Lisboa no final desta semana, caso as condições atmosféricas sejam favoráveis, e poderá ser visitado a partir de abril num cais entre a Ribeira das Naus e o Cais do Sodré.
Quando chegar a Lisboa, a embarcação passará ainda por um estaleiro naval, para que lhe sejam recolocados os painéis de azulejo, que apresentam uma vista panorâmica atual de Lisboa, e para que seja revista a instalação artística do interior, com cortiça e têxteis azuis e brancos.
Contactada pela agência Lusa, fonte do atelier de Joana Vasconcelos remeteu qualquer informação para o comunicado da DouroaAzul, sem adiantar se já foi assinado o contrato de compra do cacilheiro.
A embarcação, desativada em 2011, tem capacidade para acolher 275 passageiros e, além de ficar visitável em Lisboa, poderá fazer viagens para outros portos portugueses, caso surjam convites para tal, "permitindo assim que um maior número de portugueses possa conhecer e visitar esta obra".
Durante os sete meses da Bienal de Veneza, o "Trafaria Praia" foi visitado por mais de 106 mil pessoas, tendo feiro duas viagens diárias pela Lagoa de Veneza.
A empresa DouroAzul, fundada em 2013, recorda que liderou "toda a operacionalização da embarcação", incluindo o transporte do cacilheiro de Portugal para Veneza.