Câmara de Oeiras atribui 19 casas a famílias carenciadas e distribui 2100 cabazes de Natal

Câmara de Oeiras atribui 19 casas a famílias carenciadas e distribui 2100 cabazes de Natal
A Câmara de Oeiras vai entregar neste Natal novas casas a 19 famílias que vivem com dificuldades económicas e oferecer 2100 cabazes para pessoas carenciadas.
 
A autarquia informou em comunicado que a entrega dos 2100 cabazes tem como objetivo "garantir que as pessoas em situação de maior carência social e económica possam viver o Natal de forma mais feliz e reconfortante".
 
Bacalhau, azeite, vinho, frutos secos e doces são alguns dos alimentos que constituem o cabaz.
 
"Este ano, o município teve como prioridade o apoio a crianças com menor enquadramento familiar, idosos isolados, indivíduos sem-abrigo e famílias carenciadas", acrescentou a autarquia.
 
A distribuição dos cabazes de Natal será feita pelo presidente da Câmara de Oeiras, Paulo Vistas, na quarta-feira de manhã, nas instalações do Departamento de Habitação, no Gabinete dos Navegadores e no edifício de Polícia Municipal e Proteção Civil, nos Barronhos.
 
Para quinta-feira, a autarquia vai ainda entregar 19 novas casas a outras famílias também carenciadas.
 
As famílias, agora realojadas, vão receber casas de tipologia T1, T2, T3 e T4.
 
"Trata-se de 12 famílias monoparentais, três isolados, três casais com filhos e um agregado familiar com outros parentes", refere a autarquia.
 
As novas casas são distribuídas por diversos locais do concelho, entre as quais a Unidade Residencial Madre Maria Clara, bairro do Pombal, bairro dos Navegadores, Barronhos, São Marçal, Moinho das Rolas, Encosta da Portela, Luta pela casa e, Pateo dos Cavaleiros.
 
"Dada a escassez de fogos municipais para atribuição, a resposta que a autarquia tem vindo a dar tem por base uma avaliação técnica escrupulosa e cuidada das inúmeras situações familiares, sendo que os fogos são disponibilizados às famílias que apresentam as situações mais graves de carência habitacional, económica e que, em alguns casos, cumulativamente apresentam graves problemas de saúde", explica a câmara.
 
As chaves serão entregues também pelo presidente da câmara, na quinta-feira à tarde, no Salão Nobre do Palácio do Marquês de Pombal.