Câmara de Cascais quer concurso público para renovar concessões rodoviárias

Câmara de Cascais quer concurso público para renovar concessões rodoviárias

O presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, defendeu hoje que o Governo deve lançar um concurso público para renovar as concessões rodoviárias, de forma a substituir a Scotturb, empresa que faz o serviço rodoviário em Cascais.
"É publico que não estamos satisfeitos com os serviços da Scotturb em Cascais e temos pedido ao Governo para que, rapidamente, lance o concurso das concessões rodoviárias, de forma a que possam concorrer outras empresas e se substitua a Scotturb para melhorar o serviço aqui em Cascais", disse o autarca à agência Lusa.
Numa carta datada de 01 de agosto e a que a Lusa teve hoje acesso o presidente da Câmara de Cascais pede uma reunião com a administração da empresa pública e refere-se às dificuldades que o município sente para "garantir um serviço público de transporte de qualidade para as populações de Cascais".
Questionado hoje pela Lusa sobre o teor desta carta, Carlos Carreiras esclareceu que pretende encontrar "potenciais interessados" numa concessão de transporte rodoviário no município de Cascais.
"Pretendemos a substituição da Scotturb. Neste caso, a Carris é uma empresa pública e, havendo a possibilidade de esse serviço ser feito pela Carris, era a forma que teríamos de ter garantida a integração do transporte público rodoviário numa rede metropolitana de forma integrada", afirmou.
O presidente da Câmara explicou que a substituição da empresa que faz o serviço rodoviário no município será facilitada pelo facto de "a licença que a Scotturb tem ser renovada anualmente".
"Esta empresa altera circuitos e não comunica nada a ninguém. Por exemplo, surgiu um novo hospital no concelho e as pessoas que moram no Cabreiro, que fica naquela zona, são obrigadas a ir de autocarro até ao centro de Cascais e apanhar um autocarro para lá", disse.