BTL promete campanhas atractivas para o turismo nacional

BTL promete campanhas atractivas para o turismo nacional

A organização da BTL - Feira Internacional de Turismo garante que o evento vai dar este ano grande atenção ao público em geral, até porque a importância de reconquistar a presença dos portugueses na "festa do turismo" é uma das preocupações.

Promovida pela Fundação AIP, através da AIP – Feiras Congressos e Eventos, a BTL 2014 vai contar com mais de 1.000 empresas e entidades presentes, das quais cerca de 100 marcam presença pela primeira vez. Nesta edição, que conta com um investimento global de um milhão de euros, o objetivo da organização passa por ultrapassar os 65 mil visitantes recebidos na edição do ano passado, foi hoje anunciado.

O vice-presidente da Comissão Organizadora da BTL, Vítor Neto, disse hoje, em conferência de imprensa, que o certame, que decorre na FIL, em Lisboa, entre 12 e 16 de março, "vai dar muita importância ao grande público". Numa altura em que o mercado interno regista quedas, o objetivo é "reconquistar a presença maciça dos portugueses", naquela que considera ser "a festa do turismo de Portugal".

Para isso, nos dias que vão ser destinados ao grande público - dia 14 de março a partir das 18:00 e durante o fim de semana - e "numa altura em que muitos portugueses começam a planear as suas férias", as empresas participantes vão aproveitar para promover campanhas de Páscoa e antecipar as ofertas de Verão, "através de campanhas exclusivas para a BTL", referiu a organização.

Durante o fim de semana, "os visitantes contam com um atendimento personalizado e têm acesso a preços, promoções e ofertas especiais, que em alguns casos podem chegar aos 70% de desconto", disseram Vítor Neto e a diretora da área de feiras da FIL e responsável pela BTL, Fátima Vila Maior.

A edição deste ano, que vai ocupar uma área de 30.000 m2 distribuídos por três pavilhões e zona exterior, tem como lema ‘Turismo: A Indústria do Sorriso’.

Este ano, em termos internacionais, a juntar a outros 30 destinos, estreiam-se na BTL a Áustria, Malásia, Panamá, Amazonas, Gramado, Vitória, Pará, Bósnia e Herzegovina e Filipinas.

Estado do Amazonas e Açores são os destinos convidados da 26.ª edição da BTL, que acontece, tal como lembrou Vítor Neto, depois do melhor ano turístico de sempre, o que "é uma responsabilidade acrescida".

A organização estima receber cerca de 2.500 profissionais estrangeiros e realizar mais de 2.500 reuniões profissionais durante o evento.

Outra das novidades, adiantou Fátima Vila Maior, é que, pela primeira vez, a feira contará com um espaço só para 'startup' e Pequenas e Médias Empresas (PME) de turismo, estando já confirmadas cerca de 30.

Presente na conferência de imprensa para apresentação do evento, o secretário de Estado do Turismo, Adolfo Mesquita Nunes, afirmou que "a estratégia da BTL é bem recebida pelo Governo, que é a do posicionamento de Portugal como uma plataforma que ligue vários continentes, que aproveite as capacidades de Portugal e a sua localização estratégica para funcionar como um espaço central entre África e a Europa e a América Latina e a Europa".