Bruno Magalhães triunfa na Madeira

Bruno Magalhães triunfa na Madeira

A terceira vitória de Bruno Magalhães no Rali Vinho da Madeira teve um sabor especial, pois trata-se da primeira vitória do piloto com o Peugeot 208 T16. Uma vitória suada, sobretudo neste terceiro dia de prova, onde Bruno e Carlos Magalhães tiveram de enfrentar problemas de caixa ao longo de todas as especiais de classificação.

Bruno Magalhães liderou a prova desde o início, altura em que ainda se adaptava à nova máquina, ganhando a confiança necessária para atacar e deixar os seus adversários, quer na classificação FIA quer na classificação FPAK, atrás de si. Magalhães concluiu o rali com 1m42,1s de vantagem para o segundo classificado, Miguel Nunes entre os carros com homologação FIA e 4 segundos de vantagem para José Pedro Fontes com o Porsche apenas com homologação FPAK.

Antes de entrar em prova, Bruno não escondia a ambição de subir ao lugar mais alto do pódio e ver esse objectivo concretizado deixa-o muito feliz: "Foi a melhor forma de estrear o 208 T16. É um carro excepcional e que se portou lindamente. A decisão de vir à Madeira não poderia ter sido mais acertada. Tenho de agradecer aos meus patrocinadores por terem confiado na minha decisão de fazer esta prova, assim como à Peugeot por ter construído um carro tão bom como o 208", explicou o piloto português.

Se a vitória foi importante, os quilómetros percorridos a preparar as restantes provas do Europeu de Ralis onde milita este ano, foram igualmente enriquecedores: "Penso que vamos para a próxima prova do Europeu na República Checa bem preparados e com um conhecimento do carro que nos vai permitir outra abordagem. Este rali foi perfeito a todos os níveis. Não estivéssemos a falar da minha prova preferida", concluiu o piloto português.

Satisfeito com o trabalho realizado, Bruno Magalhães centra agora atenções na próxima prova ao volante do Peugeot 208 T16 que se realiza a 29 e 31 de Agosto na República Checa.