Brancos, Verdes, Espumantes e Rosé, vinhos de verão à prova no Mercado da Vila

Brancos, Verdes, Espumantes e Rosé, vinhos de verão à prova no Mercado da Vila
Faltam dois meses para o verão, mas o calor já se faz sentir de norte a sul. Por isso, nada melhor que guardar as garrafas de tinto e ir conhecer as novidades mais frescas para a próxima estação nesta 4ª edição do Mercado do Vinho no Mercado da Vila, em Cascais. Começa já esta sexta-feira, 28 de abril, e prolonga-se até domingo, dia 30.
 
Pelo quarto ano consecutivo, o Mercado da Vila em parceria com a DNA Cascais organiza um evento totalmente dedicado ao vinho, com destaque para a apresentação dos “vinhos de verão”, antecipando assim a época de calor em que brancos, rosés, verdes e espumantes são o ex-libris à mesa.
 
Durante os três dias estarão reunidos quase 30 pequenos produtores nacionais, vindos um pouco de todo o país, e será possível conhecer, provar e comprar dezenas de referências com origem portuguesa.
 
E porque um bom vinho pede um bom petisco, haverá alguns estabelecimentos presentes com pequenas iguarias para acompanhar quando a fome apertar. Enchidos, queijos, empadinhas, rissóis e leitão são algumas das opções que vão fazer deste Mercado do Vinho um bom plano para o último fim-de-semana de abril.
 
Para animar os serões, estão marcadas três atuações musicais ao ar livre na esplanada do Mercado na sexta-feira, sábado e domingo, sempre pelas 20 horas.
 
Entrada gratuita
 
Horários: Sexta-feira das 17h às 22h; sábado das 12h às 22h; e domingo das 12h às 20h.
 
Deslocação: A CP associa-se ao Mercado da Vila durante este fim-de-semana e será possível os visitantes fazerem a viagem de ida e volta ao Mercado do Vinho de comboio pelas linhas de Cascais, Sintra/Azambuja e Sado pelo preço de 2€.
 
Estacionamento: O Mercado da Vila tem parque de estacionamento.
 
Sobre o Mercado da Vila
O Mercado da Vila de Cascais, organismo da agência DNA Cascais, é um mercado abastecedor público de bens alimentares e outros fundado há 65 anos no concelho de Cascais. Em 2012 iniciou um processo de requalificação e desenvolvimento profundo, tendo passado a oferecer melhores condições aos seus parceiros e potenciado a instalação de novos negócios. Distingue-se por aliar tradição e modernidade, desde vendedores com dezenas de anos de permanência a novos restaurantes de referência gastronómica. Às quartas-feiras e sábados de manhã mantém-se o mercado saloio, com venda de hortícolas, frutícolas e outros bens alimentares de frescura garantida, alguns de produção própria dos 60 vendedores que o dinamizam. O Mercado da Vila promove ainda uma constante dinamização do espaço através de diversos eventos e mercados temáticos que marcam a agenda da região centro.