Benfica investe 17 milhões em Oeiras na criação de centro de alto rendimento para modalidades

Benfica investe 17 milhões em Oeiras na criação de centro de alto rendimento para modalidades
Numa parceria entre a autarquia de Oeiras e o Benfica foi hoje apresentado o novo centro de alto rendimento do clube 'encarnado' para as modalidades, projeto que será erguido na zona norte de Carnaxide, concelho de Oeiras.
 
O terreno, com um total de nove hectares, será doado pela autarquia de Oeiras e erguido perto da serra de Carnaxide. "A Câmara de Oeiras só libertou o terreno. O investimento, que deverá rondar os 17 milhões de euros, será da responsabilidade do Benfica", disse hoje à agência Lusa Paulo Vistas, presidente da edilidade oeirense.
 
A obra deverá ser construída num prazo que oscilará entre os dois e três anos, mas não existem 'timings' certos, pois tudo dependerá dos materiais que forem escolhidos para a construção desta autêntica cidade desportiva.
 
O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, chegou ao local pelas 16:00, acompanhado dos vice-presidentes Domingos Almeida Lima e Fernando Tavares, mas não prestou declarações.
 
O discurso institucional calhou ao 'vice' Fernando Tavares. "O Benfica está a viver um registo expansionista. Além da criação deste centro de alto rendimento em Carnaxide, já está em marcha o novo plano de expansão do Seixal", sublinhou.
 
"O Benfica não é um partido político, nem está em causa a campanha eleitoral. Temos os nossos próprios 'timings' para anunciarmos os eventos", adiantou Fernando Tavares, negando a ideia de eleitoralismo político que a divulgação deste projeto acarreta, já que as eleições autárquicas estão marcadas para o dia 01 de outubro.
 
Numa fase inicial, ficarão instaladas em Carnaxide o projeto olímpico do Benfica, o atletismo e o râguebi. E ainda existe a possibilidade de o futebol feminino passar para esta estrutura em Oeiras.
 
"O turismo desportivo, com a receção e realização de estágios para atletas internacionais, também faz parte deste projeto, que também terá uma matriz de responsabilidade social. Do ponto de vista do Benfica, trata-se de uma oportunidade extraordinária", revelou Fernando Tavares.
 
Já existe uma pré-maqueta do projeto, que inclui uma pista de atletismo, campo de râguebi, pista de corrida 'indoor', piscina de 25 metros com oito pistas, pavilhão desportivo, campo de futebol de onze, bancada coberta com 1.500 lugares mais balneários, campo de treinos de râguebi e silo de estacionamento com 540 lugares para automóveis.