Bebé ferido em incêndio na Cova da Moura com prognóstico reservado

Bebé ferido em incêndio na Cova da Moura com prognóstico reservado

O bebé que ficou hoje ferido num incêndio no Bairro da Cova da Moura, na Amadora, está internado no Hospital Dona Estefânia com “queimaduras graves” em 90% do corpo e “prognóstico reservado”, disse à agência Lusa fonte hospitalar.
De acordo com fonte oficial do Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, o bebé, do sexo masculino e com um ano e meio, está internado na Unidade de Cuidados Intensivos daquela unidade hospitalar com “queimaduras graves em 90% da superfície corporal”.
“O prognóstico é reservado”, disse a fonte.
Um incêndio, que, de acordo com fonte policial, terá sido “aparentemente provocado por descuido”, numa barraca do Bairro da Cova da Moura, provocou ainda ferimentos ligeiros em três pessoas, um casal e um jovem, que foram transportados para o Hospital Fernando da Fonseca (Amadora/Sintra).
O fogo terá começado entre a 01:30 e as 02:00 de hoje no local e, além dos bombeiros da Amadora, estiveram também no local elementos policiais para auxiliar nas operações de socorro.