Basílio Horta (PS) promete medidas de emergência para a costa de Sintra

Basílio Horta (PS) promete medidas de emergência para a costa de Sintra

O candidato do PS à presidência da Câmara de Sintra, Basílio Horta, afirmou hoje que, se vencer as eleições autárquicas de 29 de setembro, vai adotar medidas de emergência para a recuperação da costa do município.
"Vamos adotar medidas de emergência de recuperação da costa de Sintra, que passam por repor a possibilidade de acesso em segurança às praias e, num segundo momento, fazer um estudo sério de ordenamento do território de toda a costa, em conjunto com o parque natural e as autoridades que gerem o território", afirmou o candidato socialista à agência Lusa.
De acordo com Basílio Horta, várias praias do concelho de Sintra têm os acessos impedidos e degradados, como são os casos das praias da Adraga, Aguda e da Vigia.
"Preocupa-me muito o estado de abandono da zona do litoral. Não se compreende que a escada que desce para a praia Grande e a Adraga esteja partida há anos, com prejuízo de quem passa ali. E a única forma de ir à praia da Aguda é pela praia do Magoito, mas se a maré estiver cheia é impossível", adiantou.
O também deputado socialista e cofundador do CDS-PP adiantou que quem pretender frequentar a praia da Vigia "arrisca a própria vida".
Basílio Horta disse à Lusa que a recuperação da costa é uma das prioridades da sua campanha, uma vez que permitirá criar condições para a instalação de equipamentos de hotelaria e restauração junto às praias, gerando emprego.
"Numa segunda fase, tem que se fazer o ordenamento do território da costa, no sentido de preservar a sua beleza e o seu estado semisselvagem e criar condições para que possam ser instalados equipamentos que funcionem como um chamariz para turistas nacionais e estrangeiros", afirmou.
 O candidato socialista adiantou que estas medidas terão de ser discutidas com as diversas entidades que gerem a zona costeira do município, entre elas o Parque Natural Sintra Cascais, que "seguramente não querem que os acessos continuem impedidos e o abandono" destas zonas.
Basílio Horta adiantou que vai criar condições para que seja instalado um parque de campismo no concelho, uma vez que o único que existe está encerrado há vários anos e deixado "ao abandono".
Na corrida à Câmara de Sintra, além de Basílio Horta, estão Pedro Ventura (CDU), Nuno da Câmara Pereira (PND), Luís Fazenda (BE), Barbosa de Oliveira (independente), Pedro Pinto (PSD/CDS-PP/MPT), Marco Almeida (independente), José Lucena Pinto (PNR) e Nuno Azevedo (PAN).
A Câmara de Sintra é presidida por Fernando Seara, eleito pela coligação Mais Sintra (PSD/CDS-PP) nas eleições de 2009. O atual executivo municipal é composto por seis elementos da coligação PSD/CDS-PP, quatro do PS e um da CDU.