Autarquia restaura ponte romana de Catribana

Autarquia restaura ponte romana de Catribana
A empreitada de conservação e restauro da ponte romana da Catribana, na União das Freguesias de São João das Lampas e Terrugem, vai representar um investimento de cerca de 40 mil euros, informou hoje a Câmara de Sintra.
Na sequência da assinatura da consignação da empreitada de recuperação da ponte romana, o presidente da autarquia salientou que a "intervenção é um investimento na salvaguarda do património do concelho".
 
O conjunto da ponte e calçada romanas e azenha da Catribana, identificado no início dos anos de 1980, foi posteriormente classificado como imóvel de interesse público, pelo seu relevo patrimonial no contexto da "importância económica assumida pela região de Sintra durante o período de ocupação romana do atual território português", esclarece uma nota da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).
 
A estação arqueológica é composta por vestígios de um troço bem preservado de uma antiga calçada romana, com cerca de cinquenta metros, localmente conhecida por "caminho do castelo", e a intervenção visa o restauro da ponte sobre a ribeira de Bolelas, constituída por arco único e parapeito, segundo a DGPC.