Áurea, Carminho, Deolinda e GNR no ciclo Grandes Concertos do Casino Estoril

Áurea, Carminho, Deolinda e GNR no ciclo Grandes Concertos do Casino Estoril
Aurea, Carminho, Deolinda e GNR, são alguns dos nomes do cartaz do ciclo de Grandes Concertos do Casino Estoril, no concelho de Cascais, Lisboa, que decorre entre 23 de julho e 10 de setembro.
 
Os oito concertos previstos realizam-se todas as quintas-feiras a partir das 22:30 no Lounge D do Casino Estoril.
 
“Scratch my back” ou “Busy (for me)” são alguns dos temas que irão constar do alinhamento do concerto de Aurea, que inaugura o ciclo, no dia 23 de julho, anunciou a Estoril Sol.
 
Os Azeitonas atuam no dia 30 de julho no âmbito da sua digressão intitulada "Serviço ocasional". A banda portuense “de um estilo inconfundível” irá passar em revista alguns dos seus êxitos.
 
Formada em 2002, a banda tornou-se conhecida do grande público com canções como “Um tanto ou quanto atarantado”, “Quem és tu miúda”, “Ray-dee-oh”, “Tonto de ti”, “Nos desenhos animados nunca acaba mal” ou “Anda comigo ver os aviões”.
Os GNR, que esgotaram o Loung D em 2007, marcam este ano presença no dia 06 de agosto, num concerto em que irão apresentar o mais recente álbum “Caixa negra”, a par de êxitos como “Dunas”, “Efetivamente”, “Video Maria”, “Morte ao sol”, “Sub-16”, “Sangue oculto”, “Ana Lee”, “Pronúncia do norte”, “Popless”, “Asas elétricas”, “Mais vale nunca” ou “Cadeira elétrica”.
 
João Pedro Pais apresenta no dia 13 de agosto o concerto “Improviso”, com a sua banda formada por Sérgio Mendes (guitarras), Mário Peniche (baixo), Rui Almeida (piano e teclas) e Fernando Tavares (bateria).
 
A fadista Carminho, que este ano foi uma das presenças da Grande Gala Carlos Zel, no salão preto e prata do Casino, estreia-se no dia 20 de agosto neste ciclo. A estreia discográfica da intérprete foi em 2009, com o álbum “Fado”, ao qual se seguiu “Alma”, em 2012, e este ano editou “Canto”.
 
Os Deolinda encerram o mês de agosto, atuando no dia 27, num espetáculo em que Ana Bacalhau e José Pedro leitão, Pedro da Silva Martins e Luís José Martins, apresentam, o seu mais recente CD, “Mundo Pequenino”.
 
Jorge Palma, músico habitual neste ciclo, que se realiza desde 1999, sobe ao palco no dia 03 de setembro. Sobre a sua atuação no Lounge D, o músico disse à Lusa: “é um espaço especial, porque quando somos repetentes num local de espetáculos cria-se uma relação intrínseca com o mesmo”.
 
Com mais de 40 anos de carreira, Jorge Palma irá interpretar os temas que têm pontuado a sua carreira como “Dá-me lume”, “Deixa-me rir”, “Cara de anjo mau”, “Bairro do amor”, “Frágil”, “Canção de Lisboa”, “Estrela-do-Mar” ou “Portugal, Portugal”.
 
Os Expensive Soul encerram os “Grandes Concertos” no Casino Estoril, no dia 10 de setembro, onde vão apresentar o álbum “Sonhador”.
 
Os Expensive Soul lançaram, em 2004, o seu primeiro registo discográfico intitulado “B.I.”, ao qual se seguiu o álbum "Alma Cara" e "Utopia”.
 
O ano passado assistiram aos oito concertos do ciclo “mais de 90.000 pessoas”, disse à Lusa fonte do casino.