Associação alerta para poluição nas praias da Ericeira

Associação alerta para poluição nas praias da Ericeira

A Associação dos Amigos da Baía dos Coxos, uma das guardiãs da Reserva Mundial de Surf da Ericeira, única em Portugal, alertou para problemas de poluição e falta de limpeza nas praias, que estão a ser minimizados.

Jorge Cardoso, da direcção da associação, afirmou à agência Lusa que persistem problemas de poluição nas ribeiras que desaguam nas praias e que há problemas de funcionamento das estações de tratamento, como a da Ribeira dos Coxos, que “está subdimensionada” para a população residente.

O colector da Estação de Tratamento de Águas Residuais de Ribeira d’Ilhas “está próximo da costa e, quando há descargas para o mar das águas, notam-se ainda assim cheiros”, especificou.

Por outro lado, “há quem aproveite as chuvas para despejar fossas” directamente para as ribeiras, sem qualquer tratamento.

Jorge Cardoso apontou também problemas de falta de limpeza junto às praias, com beatas nos areais e entulhos despejados nas arribas.

Os problemas constituem “sérias preocupações” para as associações guardiãs, a Associação dos Amigos da Baía dos Coxos e o Ericeira Surf Clube, que gerem a reserva em conjunto com a Câmara Municipal de Mafra.

Enquanto não é criada uma associação para gerir a reserva, que reúna as três entidades, o plano de gestão está por implementar, assim como o plano de acção. Em alternativa, Jorge Cardoso explicou que as associações guardiãs têm organizado acções pontuais no sentido de minimizar os problemas.

As águas da Ribeira dos Coxos estão a ser monitorizadas de forma regular, desde há um ano que já se verificam melhorias na qualidade da água e já foram realizadas acções de limpeza nos areais e nas arribas.

Na praia da Baía dos Dois Irmãos, onde existe uma das melhores ondas da reserva, têm sido efectuadas colheitas de água e já foi limitado o estacionamento de veículos nas arribas.

Em comunicado, a associação S.O.S Salvem o Surf alertou que “está atenta” às questões relacionadas com a qualidade da água, a paisagem, a preservação das arribas, o acesso às praias, factores importantes para a manutenção da reserva.

A S.O.S. Salvem o Surf tem a função de zelar pela qualidade ambiental da reserva, ao ser a representante nacional da World Surfing Reserves, organização que atribui o estatuto de reservas.