Assembleia Municipal de Cascais pronuncia-se sobre manutenção de freguesias

Assembleia Municipal de Cascais pronuncia-se sobre manutenção de freguesias

A Câmara de Cascais (PSD/CDS-PP) aprovou, em reunião de executivo, uma proposta que atribui a decisão de reformular o mapa administrativo do concelho à Assembleia Municipal, que irá discutir o tema esta quarta-feira, dia 10 de outubro.
Na proposta, aprovada por unanimidade e a que a Lusa teve acesso, os vereadores referem que deve ser a Assembleia Municipal a pronunciar-se sobre a reorganização administrativa, imposta pelo Governo, "respeitando os parâmetros de agregação e considerando os princípios e orientações estratégicas definidos na lei".
Nessa discussão, a Câmara sugere que sejam tidos em conta os pareceres emitidos pelas Assembleias de Freguesia, resultado de várias sessões, nas quais foi rejeitada a redução de freguesias.
No documento, a Câmara sugere que seja "apenas e só possível a pronúncia pela manutenção das seis freguesias existentes, Alcabideche, Carcavelos, Cascais, Estoril, Parede e São Domingos de Rana".
Contactado pela Lusa, o presidente da Câmara de Cascais, Carlos Carreiras, adiantou que a Assembleia Municipal para discutir o tema está agendada para 10 de Outubro.
O autarca reafirmou ainda a sua intenção de manter o actual mapa de freguesias do concelho, até porque, frisou, "a lei não se aplica a Cascais, dada a dimensão do território, número de habitantes e densidade populacional".
Na última reunião de Assembleia Municipal, a maioria PSD/CDS-PP, o PS, Bloco de Esquerda e CDU, mostraram-se contra a redução de freguesias.