Artes e visita cultural assinalam o Dia Nacional do Mar em Cascais

Artes e visita cultural assinalam o Dia Nacional do Mar em Cascais

Inserido nas comemorações dos 650 anos da Vila de Cascais, o Dia Nacional do Mar começa a ser comemorado na véspera, 15 de novembro, com uma visita orientada ao polo museológico da Direção de Faróis. No dia da efeméride, 16 de novembro, ao longo do dia há atividades de sensibilização ambiental para famílias no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal, em S. Pedro do Estoril e às 16h00, no Museu do mar - Rei D. Carlos, sobe ao palco o grupo “Pénadança” para apresentar um espetáculo de dança contemporânea no âmbito do projeto "A-Mar-Cascais".

Terra virada ao mar, Cascais não podia deixar de assinalar o dia que lhe é dedicado. Com início a 15 de novembro, véspera da efeméride, às 10h00, o convite lançado pelo Farol-Museu de Santa Marta e pela Marinha Portuguesa é para uma visita orientada ao polo museológico da Direção de Faróis, situado em Paço de Arcos onde é possível ver ao vivo equipamentos centenários que durante muito tempo foram fundamentais para a sinalização costeira em Portugal. De acesso gratuito, esta iniciativa carece, contudo de inscrição que pode ser feita através do telefone 21 481 53 28/9 ou para o email fmsm@cm-cascais.pt

A 16 de novembro, Dia Nacional do Mar, as comemorações decorrem em dois polos:  o CIAPS – Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal, em S. Pedro do Estoril, e o Museu do Mar – rei D. Carlos, em Cascais.

No CIAPS, das 10h00 às 13h00 e das 15h00 às 18h00 há “Intervenção de arte pública”, um projeto em que os participantes podem chegar em qualquer altura e eleger um objeto ou fragmento arrastado pelas correntes e marés, até à praia. A partir daí são convidados a desenvolver (ou continuar) uma história sobre a proveniência destes vestígios. Às 11h00 decorre a oficina teórico-prática “Vida de Peixe” ( 60 min.) dedicada à pesca sustentável e aos problemas resultantes da poluição marinha. Às 14h30 e às 16h30 tem lugar a sessão de cinema infantil (90 min.) em que será exibido um filme de desenhos animados alusivo às preocupações da caça furtiva e poluição marinha.

No Museu do Mar, a dança assume o protagonismo dos festejos às 16h00 com o “Pénadança”, espetáculo de dança contemporânea interpretado pela Academia Sénior da Cruz Vermelha do Estoril, orientado por Eduarda Costa Ferraz. Inserido no projeto "A-Mar-Cascais" o grupo conta com atores com idades entre os 58 e 85 anos. A seleção musical passa por Amália Rodrigues, Marisa e Tito Paris, Rodrigo Leão e Dulce Pontes com a canção do mar.

A entrada é livre.