António Félix da Costa fora da Fórmula 1

António Félix da Costa fora da Fórmula 1

A Scuderia Toro Rosso anunciou ontem a sua dupla de pilotos para a temporada 2014 do Campeonato do Mundo de Fórmula 1. Apesar de muito se ter falado recentemente sobre a possível contratação de António Félix da Costa, a escolha acabou por recair no piloto Russo Daniil Kvyat, que se irá juntar ao Francês Jean Eric Vergne na próxima temporada.

 

António Félix da Costa: “Esta é uma notícia que ninguém em Portugal queria ouvir, mas a Red Bull optou pelo Daniil Kvyat para a Toro Rosso em 2014 e o objectivo de entrar na Fórmula 1 como piloto titular não foi, para já, atingido. Acredito que estou preparado para dar o salto para a Fórmula 1, mas cabe à Red Bull decidir e por mais que custe, há que levantar a cabeça e ir à luta. Neste momento estou triste, como muitos portugueses estarão, mas aprendi que na vida nada é garantido e vou continuar a trabalhar arduamente para chegar à F1, em conjunto com a Red Bull e toda a estrutura que me acompanha de há vários anos para cá, casos do Tiago Monteiro, o meu irmão Duarte, o meu preparador físico Emiliano Ventura e os meus parceiros. Continuo a fazer parte da família Red Bull e muito brevemente, logo que tudo esteja definido, comunicarei o meu programa desportivo de 2014. Como piloto profissional garanto a todos os Portugueses que vou continuar a competir ao mais alto nível, com a mesma determinação e vontade de vencer. Quero desejar boa sorte ao Kvyat, esperando que ele seja um digno sucessor do Daniel Ricciardo. Resta-me agradecer ainda todo o incrível apoio que recebi nestas últimas horas, sinto que os Portugueses estão frustrados, mas continuem a acreditar, pois o meu caminho para a Fórmula 1 não termina aqui!”

 

Esta é uma notícia que ninguém esperava. António Félix da Costa ingressou no projecto Red Bull Junior Team em 2013, tendo desde essa altura obtido 14 vitórias absolutas em provas oficiais, onde se destaca a vitória no Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 em 2013, além de 7 vitórias na World Series by Renault 3.5 e 3 vitórias na GP3 Series. Fica assim adiada a entrada de António Félix da Costa no Mundial de Fórmula 1 como piloto titular, objectivo que o piloto Português continua a apontar como a sua grande meta, continuando a fazer parte da “família” Red Bull. Recorde-se que em 2014 a Rússia irá receber pela primeira vez um Grande Prémio de Fórmula 1, sendo a contratação de Daniil Kvyat apontada como estratégica e determinante nesta entrada da Fórmula 1 no mercado Russo.