AMI lança marca de produtos solidários, a preço justo

AMI lança marca de produtos solidários, a preço justo

A Assistência Médica Internacional (AMI) lança a primeira marca nacional de solidariedade que abrangerá trinta bens essenciais, vendidos a “preço justo” em 52 hipermercados do país e cujas receitas serão aplicadas na luta contra a pobreza.

“A SOS Pobreza é uma marca nacional de solidariedade lançada pela AMI com o objectivo de ajudar a combater a pobreza que existe entre nós”, disse hoje à agência Lusa o presidente da organização.

Fernando Nobre adiantou que a iniciativa “foi feita a pensar nos que têm verdadeiras necessidades”: “É uma luta contra a pobreza, é uma campanha solidária e o benefício dela serão investidos nos projectos sociais da AMI”.

“Conseguimos congregar a vontade de nove produtores nacionais, entre eles, algumas cooperativas, e de quatro distribuidores nacionais (Jumbo, Pingo Doce, Leclerc e Continente), que disponibilizaram 52 grandes superfícies em 44 localidades distintas do país”, adiantou.

O SOS Pobreza vai colocar nos hipermercados 30 produtos a “preço justo”, que vão desde o arroz, à farinha, óleo, azeite, água, sumos, fruta, legumes e papel higiénico.

“São produtos a preço justo porque é uma campanha apoiada por produtores nacionais, porque entendemos que também merecem a sua própria sustentabilidade”, disse.

Segundo Fernando Nobre, os resultados da campanha reverterão exclusivamente para os 17 projectos sociais da AMI espalhadas pelo país, como os centros porta amiga, os abrigos, as residências sociais, as equipas de rua.

“É uma campanha que esperamos vir a ter o maior sucesso já que os preços são justos, o que permitirá às pessoas comprarem produtos básicos, essenciais, a um preço muito acessível” sublinhou.