Alertas para mau tempo em todo o país nos próximos dias

Alertas para mau tempo em todo o país nos próximos dias
A Direcção-Geral de Saúde aconselha a população a tomar medidas de precaução para fazer face à chuva e ao vento forte previstos pelo Instituto de Meteorologia a partir do final do dia de hoje com agravamento na sexta-feira.
O Instituto de Meteorologia (IM) colocou nove distritos de Portugal continental sob aviso laranja e oito a amarelo devido à previsão de precipitação muito forte e ventos que podem chegar aos 100 km/hora nas terras altas devido a uma massa de ar tropical.
O mau tempo vai começar a fazer-se sentir a partir do final da tarde de hoje no Minho e Douro Litoral com precipitação que vai aumentar gradualmente, estendendo-se ao resto do território. Na sexta-feira, a previsão do IM aponta para um agravamento do estado do tempo com chuva persistente e forte acompanhada de vento.
Por isso, a DGS publicou hoje, na sua página da Internet, uma recomendação para que a população tenha redobrada atenção com os idosos, crianças e doentes crónicos (os grupos mais vulneráveis à variações meteorológicas).
Além disso, avisa a DGS, deve ser usado calçado adequado para evitar quedas, e devem ser redobrados os cuidados na condução, tendo em conta o estado do piso molhado e escorregadio, e evitar usar veículos em zonas inundadas devido aos buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas.
A DGS chama também a atenção para os cuidados a ter com a habitação no que diz respeito às infiltrações e humidades, que favorecem o desenvolvimento de micro-organismos (bolores, fungos, leveduras e ácaros) que podem originar alergias e infecções respiratórias, à desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais, limpeza de bueiros, algerozes e caleiras e retirada de objectos que possam ser arrastados.
A população deve também ter cuidado com a ventilação das habitações, sobretudo no que diz respeito aos aparelhos de queima, por causa do monóxido de carbono e também a necessidade de fechar portas e janelas, arrumar equipamento solto ou outros objectos e retirar os animais para locais seguros.
A DGS refere ainda que a população deve manter-se atenta aos avisos das Autoridades de Saúde, do Instituto de Meteorologia e da Autoridade Nacional de Proteção Civil.
O IM colocou sob aviso laranja (o segundo mais grave da escala de quatro e que chama a atenção para uma "situação meteorológica de risco moderado a elevado) estão os distritos de Viana do Castelo, Porto, Vila Real, Bragança, Braga, Aveiro, Viseu Castelo Branco e Guarda.
Os distritos de Coimbra, Leiria, Lisboa, Portalegre, Santarém, Setúbal, Évora e Beja vão estar sob aviso amarelo que implica uma situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica.