Alerta vermelho: subida da maré volta a sobressaltar praias de Sintra

Alerta vermelho: subida da maré volta a sobressaltar praias de Sintra
A estrada de acesso à Praia Grande, no concelho de Sintra, foi na tarde desta segunda-feira vedada à circulação, devido à forte agitação marítima, confirmaram as autoridades locais e marítimas.
A estrada para a Praia Grande foi cortada ao trânsito cerca das 15h30, no cruzamento para Almoçageme, informou o presidente da Junta de Freguesia de Colares, Rui Santos. A medida foi levada a cabo pela GNR e pela Polícia Municipal de Sintra.
As ondas, de acordo com o autarca, já tinham galgado para a estrada antes das 16h30, mas sem provocar danos como em situações anteriores. 
"Isto está mau", desabafou Rui Santos, esperando que o facto de já ter passado a preia-mar contribua para minimizar os estragos.
"Já vieram dizer para a gente fechar, porque não sabem quando é que a estrada pode reabrir", adiantou à Lusa uma fonte do restaurante Angra, situado em frente ao areal. "O mar já saltou para a estrada", confirmou um dos responsáveis do estabelecimento.
A Câmara de Sintra informou que a Proteção Civil começou por condicionar o trânsito no acesso junto às piscinas da Praia Grande a partir "das 14h30 e o perímetro foi alargado às 16h00" para o cruzamento perto do parque de campismo. 
Segundo a autarquia, "o acesso à praia ficará cortado até estarem reunidas condições de segurança para pessoas e bens".
"O mar está com força e já saltou para o estacionamento, mas o restaurante não está em risco", garantiu, por seu lado, Jorge Pimenta, concessionário da Praia da Adraga. O comerciante esclareceu que, por precaução, colocou as proteções dos vidros do restaurante e as autoridades vedaram a zona mais próxima do areal.
Na Praia das Maçãs, o mar voltou a galgar o muro junto à entrada do areal, causando estragos ainda em fase de avaliação.
A partir das previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para forte agitação marítima, a Autoridade Nacional de Proteção Civil decretou alerta vermelho para sete distritos do país, entre os quais Lisboa, entre as 12h00 e as 23h59 desta segunda-feira.